Banca & Finanças Accionistas do BPI aprovam aumento do número de administradores

Accionistas do BPI aprovam aumento do número de administradores

Os accionistas do BPI estiveram reunidos esta sexta-feira, tendo aprovado por unanimidade as contas do banco e o aumento do número de administradores.
Accionistas do BPI aprovam aumento do número de administradores
Negócios 20 de abril de 2018 às 11:04
A reunião de accionistas do BPI decorreu esta sexta-feira, 20 de Abril, tendo estado "representados 42 accionistas, detentores de acções correspondentes a 94,63% do capital social", revela o comunicado emitido para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Entre os temas na agenda estava a aprovação das contas de 2017 e o aumento do número de administradores. Ambos os pontos foram aprovados por unanimidade. 

Na convocatória para a assembleia geral de accionistas, o BPI explicava que as orientações do Banco Central Europeu à banca vão no sentido de ser necessário reduzir a dimensão das administrações, mas recorda que o supervisor considera também que o BPI deve aumentar o número de membros independentes no conselho de administração. E esta foi a justificação para este aumento do conselho de administração.

António José Rebelo de Andrade Cabral será o novo administrador do BPI. António Cabral trabalhou na Comissão Europeia, tendo sido conselheiro especial pro bono do vice-presidente daquele organismo, Valdis Dombrovskis.

Aprovada, por esmagadora maioria (99,24% dos votos) foi também a proposta que visa a compra de acções do CaixaBank por parte do BPI. Esta aquisição tem como objectivo dar acções do CaixaBank como prémio a trabalhadores.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI