Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CEO do Barclays com corte “muito significativo” do salário após tentar identificar denunciante

Jes Staley também vai ser alvo de uma reprimenda formal por parte do conselho de administração, depois de ter tomado medidas para identificar o autor de uma denúncia anónima de irregularidades.

15 - Jes Staley. O CEO do Barclays assumiu o cargo em Dezembro do ano passado. O rendimento ascendeu a 6,9 milhões de dólares.
reuters, bloomberg
Negócios com Bloomberg 10 de Abril de 2017 às 08:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • 15
  • ...

O CEO do britânico Barclays, Jes Staley, vai sofrer um corte "muito significativo" na sua remuneração variável e ser alvo de uma repreensão formal por parte do conselho de administração, depois de ter tentado identificar o autor de uma denúncia de irregularidades, em 2016.

Segundo a Bloomberg, que cita um comunicado do Barclays, uma investigação da firma Simmons & Simmons LLP concluiu que Staley "de forma honesta, mas errada" acreditou que era admissível identificar o autor de uma carta que foi enviada à instituição denunciando irregularidades relacionadas com um alto responsável do banco.

O Barclays sublinha que Staley, que já pediu desculpa ao conselho de administração, errou ao não adoptar os procedimentos correctos e em tomar medidas para tentar identificar o autor da denúncia.

O comunicado da instituição britânica informa ainda que a Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido e a Autoridade de Regulação Prudencial iniciaram investigações sobre a conduta de Staley e sobre os sistemas, controlos e cultura do banco relacionados com denúncias de irregularidades. O banco londrino assegura que o autor da carta não foi identificado e que não foram tomadas mais medidas.

Fontes próximas do banco disseram à agência noticiosa que o Departamento de Serviços Financeiros, em Nova Iorque, também já está a investigar o caso, na medida em que tentar identificar o denunciante pode constituir uma violação das leis britânicas e norte-americanas que protegem os autores de denúncias. 

Ver comentários
Saber mais Barclays Reino Unido denúncia salário banca
Outras Notícias