Banca & Finanças CGD: Comissão vai enviar cópia da audição de Berardo a Ferro Rodrigues

CGD: Comissão vai enviar cópia da audição de Berardo a Ferro Rodrigues

Luís Leite Ramos, presidente da comissão parlamentar de inquérito à gestão da CGD, critica a postura de Joe Berardo na audição e diz que a cópia vai ser enviada ao presidente da Assembleia da República por considerar que tem "informação relevante".
CGD: Comissão vai enviar cópia da audição de Berardo a Ferro Rodrigues
Lusa
Rita Atalaia 16 de maio de 2019 às 15:37

Luís Leite Ramos, presidente da comissão parlamentar de inquérito (CPI) à gestão da CGD, afirma que os vários grupos parlamentares chegaram a acordo para enviarem a Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, a cópia da audição do comendador Joe Berardo.

 

"Na sequência do pedido de parecer do presidente da Assembleia da República, os vários grupos parlamentares concordaram em dar um parecer positivo à proposta do CDS no sentido de enviarmos para o senhor presidente da Assembleia da República e, posteriormente, enviarmos à chanceler das ordens, uma cópia da audição no sentido de serem avaliadas eventuais questões relevantes", afirmou Luís Leite Ramos no final de uma reunião de mesa e coordenadores da CPI, esta quinta-feira, 16 de maio.

 

O objetivo é que o "comportamento e conduta do senhor Berardo possa ser objeto de uma análise para ver se, do ponto de vista do cumprimento das obrigações que tem enquanto comendador titular de um título honorífico, cumpriu as suas responsabilidades e as suas obrigações que lhe estão destinadas por essa comenda".  

 

Quanto à audição de Joe Berardo, o presidente da mesa referiu que "é um consenso não só do país mas também do Parlamento de que aquela conduta e as declarações que foram proferidas não são compatíveis com alguém que tem aquele título". Realçou, contudo, que "não compete ao Parlamento, muito menos à CPI, fazer essa avaliação. Essa avaliação tem de ser feita por quem é responsável pela atribuição desses títulos".

 

A reunião de urgência desta quinta-feira deve-se a um pedido do presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, que fez um despacho no requerimento do CDS-PP "em que pede ao presidente da comissão que se pronuncie", indicou Luís Leite Ramos na quarta-feira.

O CDS-PP pediu que seja instaurado um "processo disciplinar" para retirar a condecoração da Ordem do Infante D. Henrique ao empresário Joe Berardo, devido às declarações que fez no Parlamento.

Tal como o Negócios avançou, a chanceler do Conselho de Ordem Nacionais, Manuela Ferreira leite, convocou este órgão para uma reunião na sexta-feira a qual servirá para decidir sobre a abertura de um processo de um processo de inquérito a Joe Berardo.

 

Caso o Conselho de Ordens Nacionais decida avançar com um processo de inquérito, Joe Berardo terá de ser ouvido. Depois da audição, este órgão fará a recomendação ao Presidente da República.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI