Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CM: Sócrates jantou com Salgado e Granadeiro durante a crise no BES

O antigo primeiro-ministro acompanhava a crise no BES e terá jantado com Henrique Granadeiro e Ricardo Salgado, em Abril de 2014, revela o Correio da Manhã.

Reuters
Negócios jng@negocios.pt 14 de Março de 2016 às 09:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...

A 22 de Abril de 2014, José Sócrates terá jantado com Henrique Granadeiro, na altura presidente-executivo da Portugal Telecom (PT), e Ricardo Salgado, ainda na liderança do BES, revela a edição desta segunda-feira do Correio da Manhã. O jantar terá ocorrido em Cascais, na casa do banqueiro.


Este jantar terá acontecido cinco dias depois de a PT ter renovado as aplicações financeiras de 897 milhões de euros em papel comercial da Rioforte. Um investimento que, com a entrada em incumprimento da empresa do Grupo Espírito Santo (GES), acabaria por ditar a mudança dos termos da fusão com a Oi, fazendo com que a PT, agora Pharol, passasse a deter uma posição na operadora brasileira e a possibilidade de recuperação daquele investimento.


Segundo o jornal, Sócrates terá sido alertado para a realização do jantar por SMS enviado pela secretária, Maria João, a 21 de Abril: "Amanhã, jantar às 20h30 na casa do Dr. Ricardo Salgado. Também vai Henrique Grandeiro", refere a mensagem da secretária apanhada nas escutas da Operação Marquês.


No dia seguinte ao jantar, o antigo primeiro-ministro falou ao telefone com Manuel Pinho, que fora ministro da Economia no seu Governo e também ex-quadro do GES. O jornal sublinha que, nas escutas, é revelado que à pergunta de Pinho sobre a sua ida à casa de Salgado, Sócrates terá dito que o banqueiro "lhe pareceu descontraído, mas consciente do que está a acontecer" e que não fala dos inimigos externos.


Pinho terá perguntado a Sócrates em que sentido Salgado estaria consciente "dos ataques de que tem sido vítima" e questiona se o banqueiro consegue identificar a origem destes ataques. Conclui que "ele [Salgado] também se pôs a jeito". 

Ver comentários
Saber mais Ricardo Salgado BES GES Rioforte papel comercial PT Pharol Oi Henrique Granadeiro José Sócrates Manuel Pinho Operação Marquês
Outras Notícias