Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fusão do BBVA e Sabadell pode levar à saída de 6.000 trabalhadores e fecho de 1.250 balcões

A possível fusão entre o BBVA e o Sabadell está agora a ser analisada pela Deloitte e pela PwC. E, segundo o jornal Cinco Días, já há resultados preliminares.

Reuters
Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 18 de Novembro de 2020 às 08:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Depois da fusão entre o CaixaBank e o Bankia, outros dois dos maiores bancos espanhóis estão agora a ponderar dar o mesmo passo. Um processo que, segundo o jornal espanhol Cinco Días, poderá ditar a saída de 6.000 trabalhadores e o encerramento de mais de mil agências. 

A possível fusão entre o BBVA e o Sabadell está a ser estudada. Jaime Guardiola, CEO da Sabadell, afirmou que apesar de "estarmos no início das negociações e não haver decisões tomadas, estamos a fazer 'due diligence' e nas próximas semanas deveremos saber" qual o resultado destas negociações. 

Neste momento, a Deloitte, contratada pelo BBVA, e a PwC, escolhida pelo Sabadell, estão a fazer "due diligence" para analisarem o valor desta operação, segundo fontes citadas pelo Cinco Días, assim como é que esta fusão poderá ser feita. 

Apesar de esta análise ainda não está concluída, já há resultados preliminares sobre as sinergias que poderão resultar desta operação. De acordo com a publicação, estas poderão alcançar perto de 800 milhões de euros em 2023, naquele que é um valor semelhante ao que é esperado na fusão entre o CaixaBank e o Bankia (770 milhões). 

Parte desta redução de custos virá do encerramento de balcões e da redução das equipas. Segundo o Cinco Días, esta operação deverá ditar a saída de 6.000 funcionários. O BBVA conta com 29.475 colaboradores e o Sabadell com 16.890. 

Deverá ainda levar ao fecho de, no mínimo, 1.250 agências. Os dois bancos têm, no seu conjunto, 4.240 balcões. 

Se a fusão se concretizar, será criada uma instituição financeira com cerca de 960 mil milhões de euros em activos, consolidando o segundo lugar entre bancos com origem em Espanha. Ficará mais perto do líder Santander (com forte presença internacional) e mais distante da entidade que resultou da fusão entre o Bankia e o CaixaBank, que em Portugal controla 100% do capital do BPI.

Ver comentários
Saber mais BBVA Sabadell fusão banca balcões
Outras Notícias