Banca & Finanças Novo Banco vai vender carteira de malparado de 400 milhões em Espanha

Novo Banco vai vender carteira de malparado de 400 milhões em Espanha

O banco liderado por António Ramalho prevê vender esta carteira até ao final do ano, numa altura em que o Novo Banco se prepara para alienar outra carteira de crédito malparado avaliada em 1,75 mil milhões.
Novo Banco vai vender carteira de malparado de 400 milhões em Espanha
Rita Atalaia 30 de novembro de 2018 às 10:54
O Novo Banco quer vender uma carteira de crédito malparado no país vizinho avaliada em 400 milhões de euros, avança a Bloomberg, citando fontes próximas do processo. Esta operação é anunciada numa altura em que a instituição financeira também se prepara para vender outra carteira de NPL (Non-Performing Loans) de 1,75 mil milhões.

A venda, conhecida por "Albatros", "está em curso e deverá estar concluída até ao final do ano", adiantam as mesmas fontes, que pediram para não ser identificadas. A Bloomberg avança ainda que o Novo Banco vai começar a receber propostas em meados de Dezembro. Contactado pelo Negócios, ainda não foi possível obter um comentário do banco. 

Esta operação reflecte os esforços por parte da instituição financeira para reduzir o peso dos activos tóxicos, no âmbito do plano de reestruturação que termina em 2021. O malparado do Novo Banco é, actualmente, de cerca de 8,8 mil milhões de euros, valor que representa 28,7% do total do crédito concedido por esta instituição bancária.

Além dos 400 milhões de malparado em Espanha, o Novo Banco também tem em curso uma outra operação, conhecida como "Projecto Nata", para vender 1,75 mil milhões de NPL. Em Outubro, o site Debtwire avançou que a entidade convidou como licitantes para este processo o Deutsche Bank, a Cerberus Capital Management e a KKR, um private equity norte-americano. 

Os três concorrentes foram convidados a apresentar as suas propostas para a compra deste malparado até Dezembro. Como adiantou o Negócios, o banco liderado por António Ramalho pretende fechar a venda deste montante de crédito malparado até final do corrente ano.

Em Outubro deste ano, o Novo Banco também fechou a venda de uma carteira de malparado de 716 milhões de euros, constituída por nove mil imóveis. O comprador desta carteira foi Anchorange Capital Group, o qual pagou 390 milhões de euros pela mesma.


(Notícia actualizada às 11:07 com mais informação)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI