Coca-Cola vai comprar a rede de cafetarias Costa

A gigante norte-americana derrotou a Starbucks na luta pela compra das cafetarias Costa. O investimento na rede de lojas é de 3,9 mil milhões de libras.
REUTERS
pub
jng@negocios.pt 31 de agosto de 2018 às 09:24

A Coca-Cola bateu a Starbucks e chegou a acordo para comprar a rede de origem britânica Costa Cafés por 3,9 mil milhões de libras (4,3 mil milhões de euros). A Whitbread, que detém as cafetarias, também tinha sido abordada pela Starbucks.

O investimento engloba as 3.800 localizações das cafetarias em 32 países. E como o presidente executivo da Coca-Cola sublinhou em comunicado citado pela Bloomberg, "o segmento de bebidas quentes é um dos poucos no panorama de bebidas da Coca-Cola em que o grupo não tem uma marca global". A rede "Costa dá-nos acesso a este marcado através de uma plataforma de cafés robusta", acrescentou James Quincey.

A Coca-Cola, tal como outros gigantes do ramo de refrigerantes, tem diversificado os seus segmentos de aposta, nomeadamente através de bebidas com menos ou completamente livres de açúcar. isto para responder à maior procura dos consumidores por produtos mais saudáveis.

Depois do acordo ter sido conhecido esta sexta-feira, os títulos da Whitbread dispararam 19%. A empresa comprou as cafetarias Costa em 1995 por 19 milhões de libras. Na altura, tinha 39 lojas.

pub