Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Esplanadas abrem a 18 de maio. Centros comerciais só em junho

As esplanadas vão poder reabrir a 18 de maio, anunciou António Costa.

O setor da restauração é um dos mais afetados pelo surto da covid-19.
Neil Hall/EPA
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 30 de Abril de 2020 às 18:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
No calendário de reabertura da economia que está a ser apresentado por António Costa, é revelado que as esplanadas vão poder reabrir a 18 de maio.

No mesmo dia, aliás, em que podem reabrir os restaurantes, cafés e pastelarias, mas limitados a uma lotação de metade da capacidade, segundo já tinha sido noticiado.

É igualmente neste dia que o comércio de rua com até 400 metros quadros ou partes de lojas até 400 m2 (ou maiores por decisão da autarquia) poderão reabrir, 15 dias depois de se ter autorizado a abertura das lojas de rua com até 200 metros quadrados. Estas de até 200 metros quadrados vão poder abrir a 4 de maio, bem como as livrarias e comércio automóvel, independentemente da área, como, aliás, também já tinha sido noticiado.

A 4 de maio abrem ainda os estabelecimentos de prestação de serviços de higiene pessoal (cabeleireiros, barbeiros, manicures, pedicures e similares) por marcação prévia. 

Só a 1 de junho é que poderão abrir as lojas com área superior a 400m2 e as lojas inseridas nos centros comerciais.
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias