Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grupo Brodheim ganha mais uma fatia da Optivisão com saída de Alain Afflelou

A maior rede de ótica a nível nacional vê partir um dos accionistas, a Alain Afflelou, que deixa a sua participação ao já maioritário grupo Brodheim.

Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 31 de Janeiro de 2019 às 18:28
  • Partilhar artigo
  • ...

O grupo Brodheim, que aposta na gestão de marcas de retalho premium e de luxo no mundo da moda, consolidou a posição de maior acionista da Optivisão, ao comprar a participação detida pela Alain Afflelou.

O grupo Optivisão é a maior rede de ótica em Portugal, contando com 250 lojas e 30 anos de existência. Durante o ano, o número de espaços da Optivisão deverá ascender a 260.

A aquisição da quota da Alain Afflelou "faz parte da estratégia de expansão em Portugal" do grupo Brodheim, explica a empresa em comunicado. Quanto às mudanças que estão planeadas para a ótica portuguesa, André Brodheim, administrador do Grupo Optivisão, explica: "iremos prosseguir com uma estratégia que garanta a valorização e atualização do setor da ótica alinhado com o reposicionamento de modernidade da marca".

O grupo Brodheim integra o conselho de administração desde finais de 2016, tal como foi avançado pelo Negócios. As três famílias que mandavam no grupo ótico concentraram as ações individuais numa sociedade veículo, vendendo de seguida essa participação de 54% à Erich Brodheim SGPS. Na altura desta operação, a francesa Alain Afflelou detinha a maior participação individual, de cerca de 30%.

O grupo Brodheim é conhecido pela representação de marcas de vestuário, como Timberland, Guess ou Burberry.

Ver comentários
Saber mais André Brodheim Brodheim Grupo Optivisão Alain Afflelou Portugal saúde
Outras Notícias