Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nike oferece prémio de 30 milhões para manter CEO

Trinta milhões de dólares, cerca de 27,6 milhões de euros, é quanto a Nike está disposta a dar a Mark Parker, CEO da empresa de artigos desportivos, sob a condição de este ficar a trabalhar na empresa por mais cinco anos.

Bloomberg
Inês F. Alves inesalves@negocios.pt 22 de Julho de 2015 às 11:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Nike fez ao seu actual CEO, Mark Parker, uma oferta de prémios em acções com o valor-alvo de 30 milhões de dólares (cerca de 26,7 milhões de euros), que este irá receber se se mantiver no cargo durante mais cinco anos, período para aquisição dos títulos, noticiou esta terça-feira, 21 de Julho, a Bloomberg.

"Ao conceder este prémio em acções, [o chairman] Phil Knight e o quadro de directores da Nike reconhecem a liderança excepcional de Mark Parker e o seu papel crítico na condução da estratégia de crescimento da Nike nos próximos anos", disse Greg Rossiter, porta-voz da empresa, num comunicado citado pela agência noticiosa.

Sessenta por cento do prémio de 30 milhões está ligado ao crescimento das receitas e lucro por acção entre o ano fiscal de 2016 até 2020. Parker receberá o restante se se mantiver na empresa até 30 de Junho de 2020.

Mark Parker chegou à Nike em 1979, tendo trabalhado nas áreas do design e do marketing. Em 2006 tornou-se CEO da empresa e a 30 de Junho deste ano, a Bloomberg noticiava que o actual CEO era um dos nomes apontados para o suceder Phil Knight no cargo de chairman.

Ver comentários
Saber mais Nike Mark Parker Phil Knight Greg Rossiter desporto empresas
Mais lidas
Outras Notícias