Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tabaqueira quer duplicar quota de mercado do tabaco aquecido em 2019

A Tabaqueira pretende duplicar a quota de mercado do seu produto de tabaco aquecido em Portugal no próximo ano para 8% do total das vendas de tabaco no país. Novos sabores e alargamento da venda em máquinas são apostas.

Philip Morris International
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 12 de Dezembro de 2018 às 12:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Tabaqueira pretende duplicar a quota de mercado do seu produto de tabaco aquecido em Portugal no próximo ano para 8% do total das vendas de tabaco no país, indicou esta quarta-feira, 12 de Dezembro, o director-geral da empresa, Miguel Matos, num encontro com jornalistas.

O responsável referiu que no final de Novembro, a quota de mercado do tabaco aquecido da Philip Morris International (PMI), casa-mãe da Tabaqueira, cifrava-se em 4% em Portugal. Para o próximo ano, o objectivo é atingir uma fatia de 8% do mercado, adiantou.


Nesse sentido, a Tabaqueira pretende alargar a venda dos maços de tabaco aquecido, comercializados sob a marca Heets, nas máquinas de venda automática. Até ao final deste ano, disse Miguel Matos, o produto deverá estar disponível em cerca de quatro mil máquinas de venda automática.


"A ideia é alargar bastante este canal de venda no próximo ano, para cerca de 15 mil máquinas", referiu. Simultaneamente, a empresa pretende colocar o produto à venda em mais tabacarias no país. Há cerca de "dois ou três meses", o Iqos chegou à Madeira, onde tem "estado a ter um desempenho acima do esperado", indicou. Nos Açores, onde foi lançado em Novembro, "apenas em São Miguel", foram vendidos mais de 200 dispositivos Iqos no primeiro mês, sublinhou.

Outra das novidades em 2019 será a introdução no mercado nacional das três variedades de Heets já disponíveis na Europa mas a que os consumidores não têm acesso. Sem adiantar prazos exactos para o início de comercialização das novas variedades, o responsável, frisou que a gama de oferta duplica face às actuais três variedades disponíveis em Portugal.


A nível global, a Philip Morris International conta com seis milhões de consumidores de tabaco aquecido. Miguel Matos destaca que Portugal foi o quarto país em que o Iqos foi lançado, em finais de 2015, e é um dos mercados onde mais utilizadores de tabaco aquecido o usam de forma exclusiva. "Mais de 80% dos consumidores de Iqos em Portugal apenas utiliza este produto de tabaco", refere.


Desde o seu lançamento em Portugal, a Tabaqueira já vendeu 160 mil dispositivos Iqos, tendo em Novembro deste ano atingido uma média de 440 dispositivos vendidos diariamente ao longo do mês.


A empresa aposta também em novos modelos do dispositivo: o Iqos 3 e o Iqos 3 Multi.

Ver comentários
Saber mais Tabaqueira Portugal Philip Morris International Miguel Matos Heets Iqos tabaco aquecido
Mais lidas
Outras Notícias