Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Volume de comércio a retalho na Zona Euro caiu em outubro. Portugal contraria tendência

Volume do comércio a retalho recuou 2,4% na União Europeia no mês de outubro, face ao período homólogo. Em Portugal, contudo, subiu 1,2%.

Retalho vai ganhar com transferência do consumo de fora para dentro de casa.
António Pugliese
Sílvia Abreu silviaabreu@negocios.pt 05 de Dezembro de 2022 às 10:37
O volume do comércio a retalho em outubro recuou 2,4% na União Europeia, face ao período homólogo. Já na Zona Euro, a descida foi de 2,7%, divulga esta segunda-feira o Eurostat.

Os maiores decréscimos anuais registaram-se na Dinamarca, na Suécia e na Bélgica (-9,5%, -6,4% e -5,7%, respetivamente). Já os maiores aumentos foram observados na Eslovénia, Malta e Letónia, 8,5%, 7,2% e 5,7%, respetivamente, detalha o instituto europeu de estatísticas.

Numa análise por produtos, foi nos alimentos, bebidas e tabaco que se verificou a maior descida: 3,6%. Já nos produtos não alimentícios, o volume do comércio a retalho recuou 2,6%, enquanto nos combustíveis automóveis o volume de negócios cresceu 3,3%. 

Em termos mensais, ou seja, comparativamente a setembro deste ano, o volume de negócios a retalho desceu 1,7% na União Europeia e 1,8% na Zona Euro. Face ao mês anterior, Portugal encontra-se entre os países onde o volume de negócios aumentou, com um crescimento de 0,5%. Em setembro, o país tinha visto um decréscimo de 1,9% face ao mês anterior.

Já face a outubro do ano anterior, Portugal viu um crescimento de 1,2% no volume de comércio a retalho.

"A maior descida mensal no volume total de comércio a retalho ocorreu na Áustria (-4.6%), Croácia (-4.0%) e Bélgica (-3.3%)", aponta o Eurostat.
Ver comentários
Saber mais Eurostat Zona Euro União Europeia Portugal retalho
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio