Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novo líder da AdC teria estado impedido em 20% das coimas

Nuno Cunha Rodrigues considera-se “impedido” nos setores da banca e energia, que foram alvo de coimas de mais de 300 milhões de euros no mandato da atual presidente. Antigo regulador e especialista no setor consideram que o impedimento não é um problema.

O caso que envolveu troca de informação entre 11 bancos foi um dos mais mediáticos da Autoridade da Concorrência, que foi criada em 2003.
O caso que envolveu troca de informação entre 11 bancos foi um dos mais mediáticos da Autoridade da Concorrência, que foi criada em 2003. João Cortesão
Hugo Neutel hugoneutel@negocios.pt 25 de Janeiro de 2023 às 23:10
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Os setores nos quais o próximo presidente da Autoridade da Concorrência (AdC) se considera impedido foram alvo de mais de 300 milhões de euros de coimas por práticas anticoncorrenciais no mandato da atual liderança. O valor representa cerca de 22% dos 1,4 mil milhões de euros de multas decididas por Margarida Matos Rosa.

...

Ver comentários
Saber mais Caixa Geral de Depósitos AdC Nuno Cunha Rodrigues Margarida Matos Rosa Floene Autoridade da Concorrência Abel Mateus João Confraria EDP Produção Tribunal da Concorrência banca automóvel
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio