Construção cresce ao ritmo mais rápido em mais de 12 anos

A construção voltou a acelerar o seu crescimento, em Junho, registando mesmo o ritmo mais rápido desde que há histórico, Março de 2006.
Krisztian Bocsi / Bloomberg
pub
Sara Antunes 10 de agosto de 2018 às 11:50

O índice de produção na construção cresceu 4%, em Junho, quando comparado com o mesmo período do ano passado, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE). Este é o ritmo mais célere desde, pelo menos Março de 2006, último mês em que há registos.
A contribuir para este desempenho estiveram os dois segmentos analisados: construção de edifícios e engenharia civil. No primeiro caso, o aumento da produção foi de 3,8%, e na engenharia civil o crescimento foi de 4,3%. Em ambos os casos, estas taxas de variação são as mais pronunciadas desde que há dados. 
O aumento da produção neste sector está a levar a um aumento do emprego na construção. O índice de emprego cresceu, em Junho, 2,6%, o que ainda assim corresponde a um abrandamento do ritmo, já que em Maio o aumento tinha sido de 2,8%. Já as remunerações aumentaram 6,6%.

pub