Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Morreu o “bibota” de ouro Fernando Gomes

O antigo jogador do FC Porto, que lutava contra um cancro no pâncreas desde 2019, tinha 66 anos.

Negócios jng@negocios.pt 26 de Novembro de 2022 às 15:24

O maior goleador da história do FC Porto morreu.

 

"O FC Porto está de luto pela perda de uma das maiores figuras da sua história e endereça as mais sentidas condolências à família, aos amigos e a todos os admiradores de Fernando Gomes", pode ler-se na nota publicada pelo FC Porto no site oficial.

O antigo futebolista lutava contra um cancro no pâncreas desde 2019, tendo sofrido recentemente um AVC.

 

Fernando Gomes, que era permanentemente recordado como "bibota" de ouro, venceu a Bota de Ouro da UEFA por duas vezes, a primeira em 1983 e a segunda em 1985.

O ex-dianteiro, que morreu aos 66 anos, somou 452 jogos, 355 golos e 14 títulos nas duas passagens pelo clube da sua cidade-natal (1974-1980 e 1982-1989).

Nascido em 22 de novembro de 1956, na freguesia portuense de Campanhã, começou a representar os "dragões" nas camadas jovens e estreou-se pela equipa principal logo aos 17 anos.

 

Fernando Gomes intercalou a passagem pelas Antas com um périplo nos espanhóis do Sporting de Gijón (1980-1982) e terminou a carreira de futebolista no Sporting (1989-1991), antes de passar a exercer funções diretivas no clube do coração.

 

Com 47 internacionalizações, marcou 13 golos pela seleção portuguesa, que representou no Euro1984 e no Mundial1986.

Ver comentários
Saber mais fernando gomes fc porto bibota
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio