Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Varandas: Rúben Amorim não é "all in financeiro" e "não compromete as finanças" do Sporting

Presidente do Sporting justifica escolha e diz que a época 2020/21 arranca agora.

A carregar o vídeo ...
VIVO VARANDAS AMORIM
Record 05 de Março de 2020 às 16:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...
Frederico Varandas justificou esta quinta-feira a contratação de Rúben Amorim para treinador do Sporting.

"Gostaria de esclarecer algo: esta operação não implica um all in financeiro, nunca o iremos fazer. Isso fez-se há mais de dois anos e passados dois meses ia-se à conta-reserva pagar pagar salários. Esta operação não compromete as finanças do clube. Há sim uma mudança de paradigma".

Em conferência de imprensa, o presidente do Sporting afirmou que "o orçamento para a próxima época foi decidido há meses e a contratação de Amorim não altera um cêntimo, muda sim a alocação dessas verbas. Amorim vai potenciar e criar valor. Acreditamos que o treinador certo num ano valoriza um plantel em 30 milhões de euros. Às vezes o que é aparentemente caro sai barato e o nosso critério foi a competência".

O futebol português não consegue atrair grandes treinadores portugueses que estão fora e não vêm apenas por questões financeiras. Amorim dentro de poucos anos será demasiado grande para o futebol português. Se fosse apresentado daqui a 3 meses noutro clube seria uma grande jogada, aqui é um grande risco... conheço este clube e durmo bem com isso".

Na mesma conferência de imprensa, Rúben Amorim mostrou-se muito ambicioso na apresentação como treinador do Sporting, frisando não ter medo do desafio nem das críticas.

"Sou um profissional e sou fanático por ganhar. Há poucas smanas dei esse exemplo com todos os clubes em Portugal. O meu foco é defender esta casa, como defendi o Casa Pia. O meu empenho é igual em todos. Sei a grandeza deste clube, fui adversário, não escondo o meu passado e como adversário conhecemos a grandeza dele. Conheço a grandeza do Sporting. Ninguém aqui quer mais ganhar do que eu, digo-o com toda a tranquilidade", respondeu ao ser questionado sobre o facto de nunca ter escondido a paixão pelo Benfica.

O treinador revelou-se confiante que vai realizar um bom trabalho em Alvalade.

"Por motivos financeiros não foi. Se não ganhasse aqui ia ganhar noutro lugar. Falam do risco. E se corre mal? Mas eu pergunto. E se corre bem? O facto de o Sporting precisar de uma nova vida... e se conseguirmos fazer isso? Talvez tenha escolhido o desafio mais difícil mas foi o que quis", disse o treinador na conferência de imprensa de apresentação.

"Sou um treinador, uma peça aqui. Não resolvo os problemas todos, se os há. O nosso foco é o treino e os jogadores. Certamente seria mais fácil dizer que para o ano vamos lutar pelo título... Mas vamos correr mais do que os outros e no fim fazem-se as contas. Sporting é o Sporting, entramos para vencer e no fim logo se vê."
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias