Empresas Diamante azul vendido por 15 milhões

Diamante azul vendido por 15 milhões

O diamante, com 20 quilates, foi vendido a um comprador anónimo pela britânica Petra Diamons. As ações da mineira dispararam mais de 11%.
Diamante azul vendido por 15 milhões
Negócios 15 de novembro de 2019 às 16:28

A britânica Petra Diamonds anunciou esta sexta-feira, 15 de novembro, que vendeu um diamante azul de 20 quilates por quase 15 milhões de dólares (cerca de 13,6 milhões de euros), um encaixe crucial para a empresa que se debate com uma dívida elevada, num contexto de queda de preços dos diamantes.

De acordo com a Bloomberg, o grupo mineiro – que tem participações em oito minas na África do Sul e Tanzânia e um programa de exploração no Botswana – encontrou o diamante na sua mina de Cullinan, na África do Sul, famosa pelas suas pedras raras. Os diamantes azuis estão entre os mais raros e valiosos do mundo.

Após o anúncio da venda, as ações da empresa dispararam na bolsa de Londres. Chegaram a valorizar um máximo de 11,18% para 9,45 pence, e seguem agora a ganhar 6,41% para 9,045 pence.

No mês passado, os títulos da mineira afundaram para um mínimo histórico, devido à descida dos preços dos diamantes e aos receios em torno da capacidade da empresa de pagar as suas dívidas.

Segundo a Bloomberg, em setembro a empresa reviu em baixa o valor das suas minas em 250 milhões de dólares e anunciou a saída do co-fundador e chairman Adonis Pouroulis, depois de também o CEO de longa data ter abandonado a companhia no início do ano.




Marketing Automation certified by E-GOI