Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dono da Louis Vuitton quer vender participação de 757 milhões no Carrefour

O terceiro homem mais rico do mundo quer continuar a desfazer-se das ações que detém no grupo de supermercados francês.

2º Bernard Arnault lidera a LVMH há 29 anos
reuters, bloomberg
Negócios jng@negocios.pt 31 de Agosto de 2021 às 20:23
  • Partilhar artigo
  • ...
O multi-milionário Bernard Arnault, a terceira pessoa mais rica do mundo, está a planear vender a sua participação que sobra na retalhista francesa Carrefour, pondo fim a um investimento que manteve durante 14 anos na cadeira de supermercados.

O também dono do grupo de luxo LVMH, possui 5,7% do Carrefour através do fundo de investimento Agache Group. Atualmente, o valor desta participação ronda os cerca de 757 milhões de euros, e será colocada à venda através de uma operação organizada pelos bancos Societe Generale, BNP Paribas e Natixis.

Arnault comprou uma participação na empresa francesa em março de 2007, quando as suas ações foram negociadas, em média, a 47 euros, muito acima do preço de fecho desta terça-feira do Carrefour, cujos títulos valem 16,85 euros. 

O desinvestimento de Arnault surge pouco tempo depois de o dono da empresa ter sido abordado pela canadiana Alimentation Couche-Tard para uma aquisição, mas o acordo fracassou após a oposição do governo francês.

Arnault é uma das duas famílias bilionárias francesas investidas no Carrefour, sendo a outra os Moulins, fundadores do grupo de espaços comerciais Galeries Lafayette. O brasileiro Abilio Diniz é outro dos chamados investidores âncora da rede francesa.
Ver comentários
Saber mais Louis Vuitton Bernard Arnault Carrefour economia negócios e finanças negócios (geral) Informação sobre empresas
Outras Notícias