Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Exponor adia eventos três dias depois de ter acolhido salão erótico

O centro de feiras e congressos, situado em Matosinhos, decidiu adiar os eventos previstos para os meses de março e abril, como medida de contenção da propagação do coronavírus. Uma decisão que acontece três dias depois de ter acolhido o Eros Porto.

A Exponor acolheu o Eros Porto entre os dias 5 e 8 de março.
Rui Neves ruineves@negocios.pt 11 de Março de 2020 às 12:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

As autoridades portuguesas de saúde deram luz verde à realização do Salão Erótico do Porto, mais conhecido por Eros Porto, que decorreu entre os dias 5 e 8 de março, na Exponor, em Matosinhos, com as entradas diárias limitadas a quatro mil visitantes, tendo apenas sido exigido aos artistas estrangeiros análises comprovativas de ausência do Covid-19.

 

"Quando na sexta-feira [dia 28 de fevereiro] nos apercebemos da chegada do coronavírus a Portugal, falámos com as autoridades de saúde sobre a questão para perceber se havia ou não condições para realizar o evento. Foi-nos garantido que sim até porque procedemos a algumas alterações em matéria de higiene, prevenção e de presença de público no recinto", afirmou Juli Simon, diretor do Eros Porto, a 5 de março, em declarações à agência Lusa.

 

Três dias depois de encerrada a 13.ª edição do Eros Porto, tudo mudou no recinto que acolheu o salão erótico.

 

Esta quarta-feira, 11 de março, "no seguimento das recomendações anunciadas pelo Ministério da Saúde relativas à não realização de eventos como medida de contenção do coronavírus", a Exponor Exhibitions decidiu adiar a Qualifica, a 360 Tech Industry e a Expocosmética.

 

A 13ª edição da Qualifica foi remarcada para 6 e 9 de maio, seguindo-se a 2ª edição da 360 Tech Industry, que terá lugar a 14 e 15 de maio, enquanto a 25ª edição da Expocosmética foi reagendada para os dias 3 a 5 de outubro.

 

"Face aos últimos desenvolvimentos do Covid-19 em Portugal, decidimos adiar os eventos previstos para os meses de março e abril, como medida de contenção da propagação do coronavírus. Lamentamos qualquer inconveniente que esta decisão possa causar, mas decidimos seguir as recomendações oficiais no sentido de apoiar as instituições na sua estratégia de prevenção e proteção da saúde pública", explica Diogo Barbosa, diretor-geral da Exponor Exhibitions.

Ver comentários
Saber mais exponor feiras eventos coronavírus eros
Mais lidas
Outras Notícias