Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundadores do Instagram saem da empresa em conflito com Zuckerberg

Kevin Systrom e Mike Krieger, CEO e CTO do Instagram, decidiram deixar a empresa. Em causa está o aumento das tensões entre os fundadores da aplicação e o CEO Mark Zuckerberg.

Negócios com Bloomberg 25 de Setembro de 2018 às 07:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Os fundadores do Instagram deixaram a empresa. Em causa está o aumento das tensões com o CEO Mark Zuckerberg devido ao futuro da aplicação de partilha de fotografias, avançam fontes próximas do processo, citadas pela Bloomberg.


Kevin Systrom e Mike Krieger, CEO e CTO do Instagram, respectivamente, lançaram a aplicação em 2010 e mantiveram-se na empresa depois de esta ter sido comprada pelo Facebook em 2012. Os dois responsáveis haviam conseguido até agora manter a marca e o produto independentes da casa-mãe. Contudo, as mesmas fontes explicam que Zuckerberg tem estado mais envolvido na estratégia da aplicação, uma vez que o crescimento futuro do Facebook está agora mais dependente do Instagram.

 

"O Kevin e o Mike são líderes extraordinários e o Instagram reflecte o talento dos dois", afirmou Zuckerberg num comunicado. "Aprendi muito a trabalhar com eles ao longo dos últimos seis anos", acrescentou.

 

Sem a presença dos fundadores, a aplicação de partilha de fotografias deverá ser integrada no Facebook, tornando-se numa unidade da empresa em vez de ser uma aplicação separada, afirmam as fontes.

 

O New York Times já tinha avançado a saída de Kevin Systrom e Mike Krieger. Os fundadores confirmaram entretanto a sua decisão num "post" de um blogue. Já o Facebook não esclareceu de imediato a tensão entre os responsáveis do Instagram e o CEO do Facebook. 

Em cerca de um ano, o Facebook já perdeu vários responsáveis de relevo. Também Brian Acton e Jan Koum, os fundadores do WhatsApp, anunciaram a sua saída por não conseguirem chegar a um entendimento com Zuckerberg em relação ao modelo de negócio da aplicação da mensagens. 
Ver comentários
Saber mais Facebook Instagram Bloomberg Mike Krieger Mark Zuckerberg Kevin Systrom New York Times
Outras Notícias