Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Imposto sobre os cigarros eletrónicos já rendeu oito milhões desde 2015

A tributação entrou em vigor em janeiro de 2015, e desde então o consumo dos vaporizadores tem vindo a aumentar.

Negócios jng@negocios.pt 18 de Outubro de 2022 às 09:16
  • Partilhar artigo
  • ...

Cobrado desde 2015, o imposto sobre o líquido com nicotina usado para carregar os cigarros eletrónicos já rendeu quase oito milhões de euros ao Estado, avança a manchete do JN desta terça-feira.

Segundo o jornal, a tributação entrou em vigor em janeiro de 2015, sendo que o valor arrecadado desde então por ano tem vindo a aumentar, tal como o consumo. Só em 2021 foram cobrados mais de dois milhões de euros em imposto (mais cerca de 386 mil euros face a 2020).


Este aumento do consumo preocupa os especialistas de saúde, que dizem ainda não serem totalmente conhecidos os malefícios do produto. Muitos portugueses utilizam os vaporizadores para substiuir o tabaco tradicional acreditando ser menos nocivo, mas os especialistas reforçam que ainda não há estudos suficientes e apontam a subida dos impostos como uma forma de travar a escalada do consumo.

No Orçamento de Estado para 2023, o executivo propõe aumentar o imposto sobre o líquido dos atuais 0,323 por mililitro para os 0,336 por mililitro.

Ver comentários
Saber mais Estado JN macroeconomia consumo tabaco cigarros eletrónicos
Outras Notícias