Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Isabel dos Santos sai do capital da Efacec

A Efacec anunciou que Isabel dos Santos vai sair do capital da empresa de forma definitiva. Mário Leite da Silva e Jorge Brito Pereira também renunciaram aos cargos na empresa que é ainda controlada em 70% pela empresária angolana.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 24 de Janeiro de 2020 às 12:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...

A Efacec Power Solutions anunciou que Isabel dos Santos vai sair do capital da empresa de forma definitiva. Mário Leite da Silva e Jorge Brito Pereira também renunciaram aos cargos na empresa.

"A Engª Isabel dos Santos informou o Conselho de Administração que decidiu sair da estrutura acionista da Efacec Power Solutions, com efeitos definitivos", sendo que "na sequência desta decisão, o Dr. Mário Leite da Silva renunciou ao cargo de Presidente do Conselho de Administração e o Dr. Jorge Brito Pereira, renunciou ao cargo de Presidente da Assembleia Geral da Efacec Power Solutions, ambos com efeito imediato", refere o comunicado enviado às redações na manhã desta sexta-feira, 24 de janeiro.

Esta é assim a segunda empresa portuguesa que vai deixar de ter Isabel dos Santos no seu capital. Na quarta-feira, na sequência das revelações do Luanda Leaks e da empresária angolana ter sido constituída arguida em Angola, o Eurobic anunciou que Isabel dos Santos iria sair do capital do banco liderado por Teixeira dos Santos.

Agora a filha de José Eduardo dos Santos vai sair do capital de uma das empresas portuguesas que controlava a quase capital. Há mais empresas nacionais que contam com a participação de Isabel dos Santos no capital, embora estas não sejam de controlo. Destaca-se a Nos e a Galp Energia, sendo que as posições de Isabel dos Santos nestas duas empresas cotadas são constituídas em parceria com a Sonae e o Grupo Amorim, respetivamente.

A Engª Isabel dos Santos, informou o Conselho de Administração que decidiu sair da estrutura acionista da Efacec Power Solutions, com efeitos definitivos Efacec em comunicado

Efacec nomeia assessores para encontrar comprador


No comunicado emitido esta sexta-feira, a Efacec solicitou ao Conselho de Administração da Efacec para que sejam iniciadas "com efeito imediato, as diligências necessárias para concretizar a sua saída da estrutura acionista da Efacec Power Solutions".

A Efacec deu já seguimento a este pedido, tendo para o efeito nomeado assessores para comprar a posição de 70% que Isabel dos Santos ainda detém na Efacec através da Winterfell.

Foi em outubro de 2015 que a "holding" com nome inspirado na série Guerra dos Tronos (Winterfell era a capital do Norte, principal palco de uma das famílias protagonistas da série da HBO) assumiu o controlo da Efacec. Isabel dos Santos comprou na altura as posições detidas pelo Grupo José de Mello e pela Textil Manuel Gonçalves, que passaram a ser acionistas minoritários na companhia com sede em Arroteia, concelho de Matosinhos.  

A Efacec estava em falência técnica quando Isabel dos Santos comprou a empresa, através de uma operação suportada sobretudo pela banca portuguesa e o Estado angolano. A companhia regressou aos lucros em 2016 e fechou o exercício de 2018 com lucros de 14,1 milhões de euros, para uma faturação de 433,2 milhões de euros, dos quais 75% nas exportações.

Isabel dos Santos esteve em fevereiro de 2018 nas instalações da Efacec na Maia, onde foi recebida de forma apoteótica. Prometeu na altura ser um "empregador de referência em Portugal" e recebeu rasgados elogios do ministro da Economia (na altura Manuel Caldeira Cabral), por "acreditar" numa empresa que estava em falência técnica. 

A empresária angolana foi recebida de forma apoteótica na Efacec, onde prometeu ser "empregador de referência em Portugal" e recebeu rasgados elogios do ministro da Economia, por "acreditar" numa empresa que estava em falência técnica.




Fonte oficial do Grupo José de Mello disse ao Negócios esta semana que "enquanto acionistas minoritários, com uma participação de cerca de 14% e sem representação na comissão executiva, acompanhamos de perto a evolução da atividade da Efacec e mantemos a confiança na empresa e na equipa de gestão".

No comunicado emitido esta sexta-feira, a Efacec diz que a Comissão Executiva da empresa "continua vinculada, a princípios de independência e de uma gestão sã, diligência e boa fé e totalmente focada na concretização do plano de desenvolvimento de negócio para 2020, com atenção aos interesses de todas as suas partes interessadas, incluindo os seus clientes, colaboradores e fornecedores".

Deixa ainda uma "palavra de tranquilidade e confiança a todos os nossos trabalhadores, clientes e fornecedores, certo de que, em conjunto, conseguiremos manter e reforçar a posição da Efacec como uma referência nos setores onde atua, retribuindo a confiança de centenas de clientes em todo o mundo".

Além de novo acionistas mairitário, a Efacec terá também que encontrar um novo presidente do Conselho de Administração, que era liderado por Mário Leite da Silva, o homem forte de Isabel dos Santos que também já demitiu dos cargos de administrador da Nos e "chairman" do banco angolano BFA. 

O Conselho de Administração da Efacec é composto por 11 elementos. A comissão executiva é liderada por Ângelo Manuel da Cruz Ramalho e tem mais cinco elementos

A Comissão Executiva continua vinculada, a princípios de independência e de uma gestão sã, diligência e boa fé e totalmente focada na concretização do plano de desenvolvimento de negócio para 2020, com atenção aos interesses de todas as suas partes interessadas, incluindo os seus clientes, colaboradores e fornecedores Efacec em comunicado

As 17 empresas de Isabel dos Santos em Portugal
Isabel dos Santos e os seus negócios estão agora sob os holofotes depois de o Consórcio Internacional de Jornalistas ter divulgado documentos que mostram que a empresária angolana desviou mais de 100 milhões de dólares da Sonangol para o Dubai. São, ao todo, 17 as entidades que o consórcio liga a filha do ex-presidente de Angola ao território nacional.

 


(notícia atualizada às 13:04 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais Isabel dos Santos Jorge Brito Pereira Efacec Mário Leite da Silva
Outras Notícias