Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Efacec já tem candidatos à compra da posição de Isabel dos Santos

A empresária angolana detém 67,2% do capital da empresa que decidiu vender na sequência do caso Luanda Leaks.

Ricardo Castelo
Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 31 de Janeiro de 2020 às 10:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

O processo de venda da posição de Isabel dos Santos na Efacec está marcha e o seu desfecho será rápido. Já existem diversas manifestações de interesse na aquisição da participação de 67,2% da empresária angolana, as quais partiram de fundos de investimentos e também de empresas industriais, tanto nacionais como internacionais, sabe o Negócios.  

Isabel dos Santos comunicou a sua decisão de abandonar a Efacec no passado dia 14 de janeiro na sequência do caso Luanda Leaks, tendo solicitado ao conselho de administração que iniciasse desde logo as diligências necessárias para concretizar este objetivo.

O outro acionista da Efacec é a MGI Capital. Esta sociedade, detida pelos grupos Mello e TMG, controla 28% do capital, os quais têm acompanhado a evolução deste processo.

A empresária havia assumido o controlo maioritário da empresa em 2015, através da holding Winterfell, nome inspirado na séria de Guerra dos Tronos (Winterfell era a capital do Norte, principal palco de uma das famílias protagonistas da série da HBO).

Quando Isabel dos Santos comprou a Efacec a empresa estava em falência técnica, tendo regressado aos lucros em 2016. Em 2018 fechou o exercício com lucros de 14,1 milhões de euros, tendo registado uma faturação de 433,2 milhões de euros, 75% da qual se ficou a dever a vendas para o exterior.

Ver comentários
Saber mais Efacec Isabel dos Santos Angola Luanda Leaks
Mais lidas
Outras Notícias