Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Palha da Silva proposto para liderar assembleia geral da EDP

O presidente da Pharol foi proposto par ao cargo por vários dos principais acionistas da elétrica.

Miguel Baltazar
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 22 de Março de 2019 às 21:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Os acionistas da EDP vão votar, na próxima assembleia geral (AG) que foi convocada para 24 de abril, a escolha de Luís Palha da Silva para ocupar o lugar de presidente da mesa da assembleia geral da elétrica.

 

De acordo com o ponto 8 da ordem de trabalhos da AG, que foi publicada esta sexta-feira na CMVM, a proposta de eleição de Palha da Silva é subscrita pela China Three Gorges (23,27% do capital); Oppidium Capital (7,19%); Senfora, do Governo de Abu Dhabi (4,06%) e Fundo de Pensões do BCP (2,43%).

 

De fora deste grupo de acionistas que propõe Palha da Silva estão os fundos Poul Elliot Singer e Blackrock, bem como a Sonatrach e o fundo soberano do Qatar.  

 

A eleição de um novo presidente da mesa da AG para o atual mandato (que termina em 2020) deve-se à renúncia de António Vitorino em julho do ano passado, quando o antigo comissário europeu foi nomeado diretor das migrações na União Europeia. O lugar na EDP ficou vago desde então.

 

Se for eleito para este cargo, o presidente da Pharol passará também a integrar o Conselho Geral e de Supervisão da elétrica.

 

O Eco tinha noticiado que a escolha da Palha da Silva tinha partido da Oppidium e recebido o apoio de outros acionistas.

Ver comentários
Saber mais Oppidium Capital EDP António Vitorino Luís Palha da Silva China Three Gorges
Mais lidas
Outras Notícias