Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal “congela” moradia de 10 milhões de Abramovich no Algarve

O oligarca russo tentou vender uma moradia na Quinta do Lago 15 dias antes da invasão da Ucrânia pela Rússia, mas o registo de propriedade do imóvel está congelado desde 25 de março, a pedido do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

Reuters
Negócios jng@negocios.pt 14 de Maio de 2022 às 10:17
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...

A 9 de fevereiro, 15 dias antes da invasão da Ucrânia pela Rússia, David William Dalzell, natural da Irlanda do Norte, solicitou um financiamento de crédito para habitação secundária à Caixa Geral de Depósitos (CGD).

 

Dalzell pedia cinco milhões de euros para a compra de uma moradia na algarvia Quinta do Lago pelo valor de 10 milhões de euros, o que despertou a atenção do banco estatal, que sinalizou a operação à Unidade de Informação Financeira (UIF) da Polícia Judiciária (PJ).

 

A história é contada pelo jornal Público, na sua edição deste sábado, onde revela que a moradia que Dalzell queria comprar pertence a uma empresa detida pela Millhouse Views LLC, uma "holding" de investimentos detida pelo oligarca russo Roman Abramovich e sediada numa jurisdição "offshore" nos Estados Unidos.

 

A pedido do Ministério dos Negócios Estrangeiros, ainda sob a tutela de Augusto Santos Silva, o registo de propriedade do imóvel foi "congelado" a 25 de março, tratando-se do único bem imobiliário de Abramovich encontrado até ao momento pelas autoridades em Portugal, revela o Público.

 

Até ao momento, lembra o mesmo jornal, era apenas conhecido em Portugal o congelamento de uma conta bancária de um suposto oligarca russo, que não foi identificado, no montante de 242 euros.

 

Ver comentários
Saber mais roman abramovich oligarca quinta do lago
Outras Notícias