Empresas "Não se deve confundir "pára-quedistas" com gestores de mérito"

"Não se deve confundir "pára-quedistas" com gestores de mérito"

No debate sobre os salários, há que distinguir gestores com currículo à prova de bala e "titulares" de nomeações pouco claras, diz, em entrevista ao Negócios, Paulo Morgado, administrador delegado da Capgemini.
No debate sobre os salários, há que distinguir gestores com currículo à prova de bala e "titulares" de nomeações pouco claras, diz, em entrevista ao Negócios, Paulo Morgado, administrador delegado da Capgemini.

“Há gestores que têm um currículo à prova de bala. São bons e não me repugna que ganhem muito. Mas aquelas pessoas que nunca vi quando comecei a trabalhar, nos anos 80, que continuei a não ver nos anos 90, e que aparecem agora à frente de empresas a ganhar não sei quantas vezes mais... Isso é uma total aberração”, aponta. “Mas não podemos confundir esses, que aterram de pára-quedas via nomeações pouco transparentes, com aqueles de mérito reconhecido”, frisa.

logo_empresas




Marketing Automation certified by E-GOI