Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Suécia diz que danos ao Nord Stream foram causados por "detonações"

As autoridades suecas dizem ter fortalecido "as suspeitas de grave sabotagem" no Nord Stream, cujos danos atribuem da detonações, reforçando a tese das explosões submarinas.

Danish Defence Command
Negócios com Bloomberg 06 de Outubro de 2022 às 14:31
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...
Os danos ao Nord Stream foram causados por detonações, garantem os Serviços de Segurança da Suécia, referindo-se ao gasoduto que passa também junto às águas territoriais do país.

Em comunicado, as autoridades suecas explicam que estão a analisar provas recolhidas no local, de modo a comprovar "se alguém pode ser considerado suspeito e depois acusado". A investigação levada a cabo "fortaleceu as suspeitas de grave sabotagem", dizem os Serviços de Segurança, citados pela Bloomberg.

Duas fugas nos gasodutos Nord Stream 1 e 2, que atravessam o Mar Báltico e transportam gás da Rússia para a Alemanha foram reveladas na semana passada, junto à Suécia, e outras duas na zona económica exclusiva da Dinamarca. Os incidentes geraram investigações e aumento da segurança da estrutura na região.

As fugas geraram receio de que a Rússia esteja a preparar ataques aos gasodutos de modo a fazer subir ainda mais os preços, às portas do inverno europeu.

Vários governos, incluindo o alemão, disseram que se trataram de atos "deliberados" e de "sabotagem" - a Finlândia chegou mesmo a dizer que apenas um Estado teria capacidade para algo com tal dimensão.

O Kremlin tem negado qualquer responsabilidade nos danos do Nord Stream.
Ver comentários
Saber mais Suécia Nord Stream Serviços de Segurança da Suécia Rússia
Outras Notícias