Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Americanos do Capital Group saem da EDP

O fundo norte-americano, Capital Group, deixou de ter uma participação qualificada na EDP. A informação foi transmitida este domingo à CMVM pela eléctrica portuguesa.

Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 14 de Outubro de 2018 às 18:24
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...

A empresa liderada por António Mexia adianta que o Capital Group "comunicou à EDP no dia 12 de Outubro de 2018, que a sua participação no capital social e direitos de voto da EDP baixou do patamar de mínimo de 2% das participações qualificadas no dia 10 de Outubro de 2018, deixando nesta mesma data o Capital Group de deter qualquer participação no capital social e direitos de voto da EDP".

 

Este é o culminar de um processo de desinvestimento do Capital Group na EDP. No início do Outubro o fundo já havia comunicado uma redução da sua participação na empresa de 10% para 2,985%. Na altura, o presidente da EDP, António Mexia, comentou a decisão como uma reacção à alteração de regras, em particular no que se referia à decisão do Governo de forçar a eléctrica a devolver a sobrecompensação de 285 milhões de euros no âmbito dos CMEC.

 

"Tivemos um grande accionista, o segundo maior, a deixar a empresa. As regras do jogo e os contratos são supostamente para cumprir. O que vemos hoje é basicamente a reacção do mercado com base em medidas que afectam a estabilidade", declarou António Mexia à Bloomberg.

 

O Capital Group começou a ter uma participação qualificada na EDP em Janeiro de 2013, comunicando então ter adquirido 2% do capital, tendo chegar a deter, em Junho de 2015, 17,07% da eléctrica portuguesa.

 

O Capital Group é a empresa-mãe da Capital Research and Management Company que por sua vez é um consultor de investimentos sediado nos EUA, o qual gere a família de fundos de investimento "American Funds".

Ver comentários
Saber mais Capital Group EDP António Mexia
Outras Notícias