Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP Renováveis aprova propostas da comissão de nomeações para o "board"

O conselho de administração da EDP Renováveis aprovou esta quarta-feira as propostas para o "board", que serão agora votadas pelos acionistas na próxima Assembleia Geral.

O Haitong avalia as acções da EDP Renováveis em 8,00 euros, o que implica um potencial de valorização 35%. A recomendação é de comprar.

O banco de investimento assinala que a EDP Renováveis apresenta uma avaliação “muito atractiva”, estando a negociar em bolsa tendo em conta um cenário “muito pessimista”, com um crescimento nulo na capacidade instalada e um aumento de 50 pontos base no custo médio do capital. Trata-se de uma avaliação “injustificada, pois acreditamos que a acção deve começar a apresentar uma melhor prestação assim que as notícias nos Estados Unidos confirmarem que não era tão más como o esperado”.

O Haitong considera que o mercado reagiu de forma exageradamente negativa aos riscos regulatórios nos Estados Unidos devido à vitória de Donald Trump nas eleições. “Dado que a regulação nos Estados Unidos advém de três fontes (Presidente, Congresso e Estados) e pelo menos duas não mudaram, acreditamos que o risco regulatório é mais baixo do que está a ser apreendido pelo mercado”, acrescenta.
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios jng@negocios.pt 27 de Fevereiro de 2019 às 23:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A EDP Renováveis (EDPR) deu esta quarta-feira a conhecer a nova composição da comissão executiva da empresa.

 

A cotada das energias renováveis do grupo EDP anunciou que, na sequência das propostas apresentadas pela Comissão de Nomeações e Remunerações para se preencher as vagas no "board" da EDPR, foi aprovada a nomeação por cooptação de Spyridon Martinis como membro do conselho de administração.

 

"A ratificação desta nomeação será proposta na próxima Assembleia Geral de Accionistas", sublinhou em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

Do mesmo modo, foi também acordada a nomeação de Spyridon Martinis como membro da comissão executiva da EDPR e como "administrador mancomunado".

 

"Na sequência de tais resoluções, a comissão executiva da EDPR é agora composta pelos seguintes membros, que são também "administradores mancomunados": João Manso Neto (presidente); Duarte Melo de Castro Bello; Miguel Angel Prado Balboa; e Spyridon Martinis.

 

Além disso, foi também aprovada a nomeação, por cooptação, de Vera de Morais Pinto Pereira Carneiro como membro do conselho de administração da EDPR. A ratificação desta nomeação será igualmente proposta na próxima AG.

 

"Em linha com as recomendações aplicáveis de governo corporativo, os membros independentes do conselho de administração aprovaram a nomeação de António Nogueira Leite como director independente líder", diz ainda o comunicado.

Ver comentários
Saber mais EDP Renováveis Spyridon Martinis EDPR Comissão de Nomeações e Remunerações João Manso Neto Duarte Melo de Castro Bello Miguel Angel Prado Balboa Vera de Morais Pinto Pereira Carneiro
Mais lidas
Outras Notícias