Imobiliário Estado coloca à venda terreno nos Olivais para torre de 30 andares

Estado coloca à venda terreno nos Olivais para torre de 30 andares

O Estado, através da Estamo, tem à venda um terreno nos Olivais, em Lisboa, com 42 mil metros quadrados e onde poderão ser construídos três edifícios, incluindo uma torre de 30 pisos e 135 metros de altura. O preço-base é de 34,9 milhões de euros.
Negócios 08 de maio de 2019 às 09:19

O Estado, através da Estamo, tem à venda um terreno nos Olivais, em Lisboa, com 42.155 metros quadrados e onde poderão ser construídos três edifícios, incluindo uma torre de 30 pisos e 135 metros de altura, noticia a edição desta quarta-feira do jornal Público.

O terreno situado na Avenida Dr. Alfredo Bensaúde faz fronteira com a urbanização da Portela e com o Laboratório Militar de Produtos Químicos e Farmacêuticos e é atualmente um descampado. A Estamo fixou como preço-base para a venda o valor de 34,9 milhões de euros, indica o jornal.

Segundo a mesma fonte, um pedido de informação prévia (PIP) entregue pela Estamo à Câmara Municipal de Lisboa em novembro do ano passado, que ainda não recebeu aprovação, prevê que cerca de metade da área seja ocupada por espaços verdes e que o restante inclua prédios de habitação, escritórios, comércio e equipamentos com uma área total de 71,5 mil metros quadrados.

A proposta, da autoria do arquitecto Samuel Torres de Carvalho, prevê uma torre de 30 pisos e sete caves destinada exclusivamente para habitação, bem como dois edifícios com cinco e dois pisos.

O Público refere que a Estamo, imobiliária do Estado, possui atualmente 22 imóveis para venda. Desta lista constam mais dois edifícios em Lisboa: a antiga sede do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), na Avenida José Malhoa, cujo PIP foi aprovado em 2013 e que tem um preço-base de 14,5 milhões de euros; e um palacete do século XIX junto à Estrada de Benfica também com PIP já aprovado e cujo preço-base é de 3,9 milhões de euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI