Imobiliário Mapa: Como os bancos estão subir a avaliação das casas nas maiores cidades

Mapa: Como os bancos estão subir a avaliação das casas nas maiores cidades

Na cidade de Lisboa a avaliação bancária voltou a subir após dois meses em queda. Veja os valores nas maiores cidades e nas várias regiões do país.

O mercado imobiliário nacional continua a dar sinais de força. Desde abril de 2017 que a avaliação bancária média, a nível nacional, está a aumentar, revelam os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

 

Em março, atingiu os 1.247 euros por metro quadrado, o que representa o valor mais elevado desde que estes dados começaram a ser publicados, no quarto trimestre de 2002.

 

Os dados publicados sexta-feira pelo INE, apurados no âmbito da concessão de crédito por parte das instituições financeiras, mostram uma tendência aumento da avaliação bancária nas principais cidades do país. Em Lisboa recuperou após dois meses em queda e atingiu o segundo valor mais elevado de sempre.

 

No mapa em cima pode consultar os valores e a evolução da avaliação bancária das casas em todos os municípios predominantemente urbanos.

  

Grande Lisboa e Algarve são as regiões mais caras

 

Na análise por regiões a tendência de aumento da avaliação das casas é ainda mais notória, com os preços mais elevados a registarem-se na Grande Lisboa e Algarve.

 

Aumentos em todo o país

 

O valor médio das casas registado em março, de 1.247 euros por metro quadrado, representa um aumento de 0,6% relativamente a fevereiro e de 6,9% face ao mesmo mês do ano anterior.

 

Como é percétivel no mapa em baixo, a tendência de aumento é generalizada em todo o país.

pub

Marketing Automation certified by E-GOI