Imobiliário Merlin admite criar SIGI ou filial em Espanha com ativos no mercado português

Merlin admite criar SIGI ou filial em Espanha com ativos no mercado português

A Merlin Properties está ainda a ponderar se irá criar uma sociedade de investimento e gestão imobiliária (SIGI) em Portugal ou se opta por agrupar os ativos no mercado português numa filial em Espanha.
Merlin admite criar SIGI ou filial em Espanha com ativos no mercado português
Sérgio Lemos
Pedro Curvelo 11 de fevereiro de 2020 às 20:52

A espanhola Merlin Properties está ainda a ponderar se irá criar uma sociedade de investimento e gestão imobiliária (SIGI) em Portugal ou se opta por agrupar os ativos no mercado português numa filial em Espanha, revelou esta terça-feira o CEO da Socimi [equivalente às SIGI em Espanha], Ismael Clemente.

A empresa está, desde 15 de janeiro, cotada na Bolsa de Lisboa em "dual listing", isto é, com os mesmos ativos com que está presente no mercado espanhol.

Os ativos em Portugal pesam cerca de 10% na carteira da Merlin. Por cá, a empresa detém oito ativos de escritórios, dois centros comerciais – Almada Forum e Monumental – e a Plataforma Logística Lisboa Norte (PLLN), num total de 43 milhões de euros.

Mais recentemente, a 30 de janeiro, a Merlin anunciou ter iniciado as obras na PLLN, num investimento de 147 milhões de euros.

Ismael Clemente indicou esta terça-feira, numa intervenção na Iberian Reit Conference, em Madrid, que a Socimi vai avaliar o modelo a seguir quando a legislação portuguesa permitir a entrada de empresas europeias no regime das SIGI.

As hipóteses em cima da mesa são a criação de uma SIGI em Portugal ou a criação de uma Socimi subsidiária, em Espanha, que agregue todos os ativos detidos no mercado português.

O CEO da empresa disse ainda que para este ano não está prevista qualquer aquisição, estando o foco na estratégia de gestão do portefólio por forma a maximizar o retorno.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI