Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portucel reforça investimento em Moçambique

A produtora de pasta e papel espera aumentar em 50% a sua produção no projecto em desenvolvimento no mercado moçambicano. O investimento vai ascender a 3 mil milhões de dólares.

Paulo Zacarias Gomes paulozgomes@negocios.pt 21 de Janeiro de 2016 às 17:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A papeleira portuguesa Portucel reviu em alta o seu investimento no projecto de desenvolvimento florestal em Moçambique, que deverá agora atingir os 3 mil milhões de dólares (2,77 mil milhões de euros) em vez dos 2,12 mil milhões de euros inicialmente previstos.

O aumento do investimento foi revelado à Reuters pelo CEO da Portucel Moçambique, Pedro Moura, e permitirá reforçar a capacidade de produção da empresa em cerca de 50% (também devido aos "avanços tecnológicos" ocorridos desde a apresentação do projecto) bem como a componente industrial, noticia a Reuters.

A empresa espera plantar 40 mil hectares de eucalipto até ao final de 2017 – naquele que será o maior viveiro de plantas em África - e começar a produzir em 2023. 

No âmbito da construção de uma fábrica de pasta de papel em Moçambique, em Julho do ano passado a empresa admitiu também poder vir a instalar uma ou várias centrais de biomassa naquele país. 

A Portucel contratualizou com Maputo o direito de utilização e acesso a terra por um período de 50 anos (período que pode ir aos 100 anos) que abrange uma extensão de 356 mil hectares nas regiões de Manica e da Zambézia. O projecto deverá permitir criar sete mil postos de trabalho.

Os títulos da Portucel fecharam a sessão a valorizar 2,97% para os 2,99 euros. 

Ver comentários
Saber mais Portucel Moçambique África Maputo Pedro Moura
Mais lidas
Outras Notícias