Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Colep lidera projeto de investimento de 214 milhões do metal ao PRR

A empresa do grupo RAR encabeça a Agenda Mobilizadora da Fileira das Tecnologias de Produção para a Reindustrialização, promovida no seio do Cluster Produtech e com a participação da associação do setor do metal (AIMMAP), que foi apresentada ao Plano de Recuperação e Resiliência.

Reuters
Rui Neves ruineves@negocios.pt 07 de Outubro de 2021 às 13:49
  • Partilhar artigo
  • ...

As exportações da metalurgia e metalomecânica nos primeiros sete meses deste ano já superam (em 0,1%) as registadas em igual período de 2019, o que significa que poderá atingir novo máximo histórico no final deste ano, depois de ter fechado 2020 com um recuo de 12,7% face aos quase 20 mil milhões de euros gerados no ano pré-pandemia.

 

E é neste momento em que a indústria mais exportadora de Portugal volta a viver dias felizes, que a associação empresarial setor (AIMMAP) e o Cluster Produtech dinamizaram a apresentação de uma proposta de investimento de 214 milhões de euros para uma a Agenda Mobilizadora da Fileira das Tecnologias de Produção para a Reindustrialização.

 

Trata-se de um projeto apresentado ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), no âmbito de um aviso referente ao concurso para submissão de manifestações de interesse para Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial.

 

Denominada Produtech R3 (Recuperação-Resiliência-Reindustrialização), esta agenda "propõe-se desenvolver um conjunto de investimentos estruturantes que visam contribuir para a alteração do perfil de especialização da fileira das tecnologias de produção e do seu contributo para a economia nacional, aumentando as exportações, o investimento em I&D e a valorização económica da inovação, bem como promover a resiliência, o crescimento inteligente, a transição climática e a transformação digital da indústria nacional", explica a AIMMAP, em comunicado.

 

Assente "num conjunto representativo de empresas da fileira das tecnologias de produção e dos principais setores da indústria nacional", a agenda reúne, segundo a mesma associação empresarial, "uma massa crítica de 101 organizações e um investimento de 214 milhões de euros, dos quais 131 milhões de euros são destinados em exclusivo para I&D e inovação".

 

Promovida no seio do Cluster Produtech e com a participação e colaboração direta da AIMMAP, sócia fundadora do referido Cluster, esta agenda tem como promotor-líder a Colep Packaging Portugal, empresa do grupo RAR e que é uma das maiores empresas globais de embalagens e "contract manufacturing" de produtos de consumo, com fábricas em oito países e cerca de 2.500 trabalhadores.

 

O "Pacto de Inovação" agora apresentado "é parte integrante do Plano de Ação da Fileira das Tecnologias de Produção, uma estratégia abrangente e integrada, com iniciativas dirigidas a outros programas de investimento e incentivo, esperando-se que a sua execução global venha a alavancar no quadro do Portugal 2030 e de outras medidas do Plano de Recuperação e Resiliência, mais de 500 milhões de euros de investimento empresarial complementar", avança a AIMMAP.

 

"Este será, sem qualquer dúvida, um projeto que vai contribuir para uma revolução industrial muito positiva para a economia portuguesa", remata.

 

 

Ver comentários
Saber mais prr resiliência aimmap produtech agenda mobilizadora reindustrialização
Outras Notícias