Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Inapa fechou 2018 com prejuízos mais elevados em seis anos

A Inapa regressou aos prejuízos no ano passado, registando mesmo a maior perda desde 2012.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 24 de Abril de 2019 às 17:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
A Inapa fechou 2018 com um prejuízo de 3,6 milhões de euros, o que compara com um lucro de 200 mil euros registados em 2017, revelou esta quarta-feira, 24 de abril, a empresa através de um comunicado enviado para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). 

A Inapa regressa assim aos prejuízos, depois de ter escapado ao vermelho em 2017. Este resultado é mesmo o mais negativo desde 2012, ano em que os prejuízos ascenderam a seis milhões de euros.

A contribuir para este desempenho esteve a quebra de receitas, que diminuíram quase 3% para 860 milhões de euros, algo que é justificado pelo comportamento do mercado.

"Os resultados do grupo em 2018, foram afetados pela queda significativa do consumo do papel nos mercados onde estamos presentes, com a queda de cerca de 7% dos volumes comercializados. A evolução do consumo terá sido influenciada pelo aumento generalizado dos preços de diversos tipos de papéis, por sua vez, motivado pelo aumento significativo do custo da pasta do papel, bem como de outros componentes utilizados na produção do papel", explica o presidente do grupo, Diogo Rezende (na foto), numa mensagem que acompanha os resultados.

Este contexto provocou um "diminuição de margem total gerada de 9,8 milhões de euros", o que acabou por ditar a redução dos resultados.


O EBITDA diminuiu 14% para 16,5 milhões de euros.

A empresa realça na apresentação de resultados que no período em análise reduziu a sua dívida em 24 milhões de euros para um total de 272 milhões.
Ver comentários
Saber mais Inapa Diogo Rezende
Mais lidas
Outras Notícias