Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Como ficará a Cofina após a compra da Media Capital

Se a compra da Media Capital se concretizar, a Cofina passará a ser o maior grupo de comunicação social de Portugal, acrescentando ao seu portefólio um canal em sinal aberto, estações de rádio e uma produtora.

Paulo Fernandes detém acções na Altri, Cofina e F. Ramada. Uma carteira que, no final do semestre, tinha um valor de 252 milhões de euros, mais 78,3 milhões do que no final do ano, graças à subida da Altri e da Cofina.
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 21 de Setembro de 2019 às 12:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

A Cofina lançou uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a Media Capital, numa operação que se for concretizada torna a empresa liderada por Paulo Fernandes – e dona do Negócios – no maior grupo de comunicação social em Portugal.

 

Atualmente, a Cofina tem no seu portefólio o Correio da Manhã, a CMTV, o Record, o Negócios, a Sábado, a Máxima, entre outros títulos. Com a compra da Media Capital, a Cofina passará a atuar em novas frentes.

 

Juntará aos seus ativos um canal generalista em sinal aberto, a TVI, e acrescenta o canal de informação TVI24, além da TVI África e da TVI Ficção.

 

E entra no mundo da rádio, com cinco estações: Rádio Comercial, M80, Cidade, Smooth e Vodafone.FM.

 

Ainda no segmento de informação, a Cofina "herdará" o site de informação desportiva Mais Futebol.

 

Fora da informação, a Media Capital tem um ativo que deverá ser determinante para o objetivo traçado pela Cofina nesta operação de produção de conteúdos para exportar. Em causa está Plural, produtora de vários conteúdos, entre os quais se encontram telenovelas e filmes.

Ver comentários
Saber mais Cofina Media Capital Paulo Fernandes
Mais lidas
Outras Notícias