Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da BlackBerry sobem mas sem entusiasmo após acordo de venda à Fairfax

Analistas mostram-se divididos em relação à possibilidade de ser apresentada uma proposta que compita com a do consórcio liderado pela Fairfax. O pré-acordo assinado supõe que a venda se situe nos 4,7 mil milhões de dólares.

Bloomberg
Rita Dias Baltazar rbaltazar@negocios.pt 24 de Setembro de 2013 às 11:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A BlackBerry negoceia em terreno positivo, esta terça-feira, ao somar 0,27% para 6,597 euros, depois de ter alcançado um pré-acordo de venda com um consórcio liderado pela Fairfax Financial Holding. O valor acordado ascende aos 4,7 mil milhões de dólares (3,4 mil milhões de euros), ou seja, 9 dólares (6,6 euros) por acção.

 

Outras propostas poderão ser ainda apresentadas. Antes de finalizar o acordo, se a BlackBerry aceitar outra oferta terá de indeminizar a Fairfax (que detém já 10% da fabricante canadiana) em 30 cêntimos de dólar, por acção. No caso de aceitar outra proposta depois de assinado o acordo definitivo, o valor da indemnização sobe para 50 cêntimos de dólar, por acção.

 

Não há um consenso entre os analistas, em relação à possibilidade de ser apresentada outra proposta para a compra da BlackBerry.

 

Os analistas do Citi afirmam que será pouco provável que surjam outras propostas para a BlackBerry. Já o Canadian Imperial Bank of Commerce (CIBC) considera que há uma hipótese de 50% de haver outra proposta. Esta última casa de investimento refere um consórcio liderado por Mike Lazaridis, co-fundador da BlackBerry como um potencial concorrente da Fairfax, cita a agência Bloomberg.

 

Já o National Bank refere que uma descida do preço é mais provável do que a apresentação de uma proposta que compita com a Fairfax. O consórcio irá nas próximas seis semanas analisar as contas da BlackBerry.

Ver comentários
Saber mais BlackBerry Fairfax
Mais lidas
Outras Notícias