Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Web Summit quadruplica capacidade do escritório em Lisboa

A Web Summit assinou contrato para ficar mais dez anos em Lisboa. A pensar em necessidades futuras, os escritórios estão em transição para um espaço com capacidade para 48 pessoas.

Vítor Mota
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 30 de Outubro de 2019 às 14:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Web Summit já mudou de escritório três vezes nos últimos três anos. A mais recente mudança, que está agora a decorrer, vai permitir à conferência contar com uma equipa quatro vezes maior.

Da Braancamp para a Febo Moniz, nos Anjos. Este vai ser o percurso da equipa da Web Summit em Lisboa. Os 12 colaboradores atuais estão em fase de transição para o espaço de co-work LACS, nos Anjos. Lá, os novos escritórios têm capacidade para 48 trabalhadores.

No website da conferência, contam-se dez vagas em aberto. Paddy Cosgrave, o CEO do evento, explicou ao Negócios que o objetivo é ir preenchendo a capacidade do novo espaço à medida das necessidades.

A opção por um espaço de co-work – à semelhança do que tinham anteriormente – relaciona-se com o caráter "ideal para empresas de crescimento rápido", para que não tenha de assinar um contrato a 25 anos e ficar preso a um espaço, adianta ainda o fundador da Web Summit. A transição deverá estar concluída pela época de Natal.

Recentemente, Paddy Cosgrave anunciou que a Web Summit iria abrir também um escritório no Porto. O CEO esclarece que este escritório se destina a atividades de engenharia mas que abriu apenas em função da vontade do único trabalhador que, atualmente, trabalha a partir desse escritório. "Ele preferia trabalhar a partir de lá, porque é de lá, e nós estávamos abertos a isso", diz Cosgrave. Quanto a vagas para essa localização, há de momento uma em aberto, para engenheiros de software.

Ver comentários
Saber mais Summit Lisboa Anjos Paddy Cosgrave economia negócios e finanças negócios (geral) trabalho
Outras Notícias