Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Braço direito de Isabel dos Santos tenta afastar António Domingues da Nos

António Domingues saiu do BFA, denunciado práticas alegadamente ilegais. Mas agora Mário Leite da Silva quer que o gestor saia, também, da Nos, por dizer que Domingues teve conhecimento das ilegalidades anos antes de as denunciar.

Negócios 09 de Agosto de 2020 às 10:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

O braço direito em Portugal da empresária Isabel dos Santos está a tentar que a Nos reavalie o seu administrador António Domingues, ex-presidente da CGD e ex-administrador do BPI.

Segundo o Expresso, Mário Leite da Silva, braço direito de Isabel dos Santos em Portugal e que saiu da administração da Nos no âmbito do processo Luanda Leaks, escreveu a Ângelo Paupério e António Lobo Xavier - respetivamente presidente do conselho de administração e administrador da Nos - pedindo que a empresa de telecomunicações tire conclusões pelo que diz ser uma falha grave de António Domingues, por alegadamente ter denunciado operações no BFA ( Banco de Fomento Angola) em 2020, quando sabia delas antes.

"Penso que os órgãos próprios da Nos devem ter total conhecimento destes factos, no sentido de ser avaliada a retirada de consequências normais neste tipo de situações ao administrador não executivo sr. dr. António Domingues [...], em decorrência da violação dos pilares fundamentais do código de ética e das consequências nefastas, em particular reputacionais", escreve Leite da Silva,numa carta noticiada pelo Expresso.

Apesar de Domingues ter dito só ter conhecimento dos casos no BFA em 2020, o Expresso fala em atas que mostram que a comissão de auditoria e controlo interno do BFA, a que Domingues pertencia, discutiu antes, entre 2017 e 2018, relatórios variados onde havia informações sobre as transações denunciadas.

Ver comentários
Saber mais Mário Leite da Silva António Domingues Nos Isabel dos Santos BFA
Mais lidas
Outras Notícias