Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundos lançam OPA de 2,9 mil milhões à espanhola que controla a Nowo e Oni

Os fundos KKR, Cinven e Providence lançaram uma oferta pública de aquisição (OPA) à MásMóvil, dona da Nowo e da Oni, no valor de 2,9 mil milhões de euros.

Juan Medina
Negócios 01 de Junho de 2020 às 09:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Os fundos de investimento KKR, Cinven e Providence avançaram com uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a MásMóvil a um preço de 22,50 euros por ação, o que representa um prémio de 20% face à cotação de sexta-feira da operadora de telecomunicações spanhola.

No total, a operação está avaliada em 2,9 mil milhões de euros. A oferta, feita através da Lorca Telecom BidCo, sociedade controlada pelos três fundos, está condicionada à compra de pelo menos 50% das ações da MásMóvil.

Segundo a Reuters esta é a primeira grande aquisição de fundos de uma empresa cotada na Europa desde que a pandemia começou a afetar a atividade económica na região. Segundo o comunicado das oferentes, o objetivo passa por manter a estratégia da companhia fundada em 1997 e que registou um forte crescimento no mercado espanhol.

A MásMóvil assumiu o lugar de quarta maior operadora de telecomunicações espanhola depois de ter comprado os ativos da Telia, tendo ganho quota de mercado com uma estratégia agressiva que roubou clientes aos operadores históricos.

Os três fundos que lançam a OPA já estão presentes no mercado espanhol. A já é o segundo maior acionista da MásMóvil, com 9,2%; a Cinven controla a operadora de fibra Ufinet e a KKR detém 40% da Telxius, a operadora de torres de telecomunicações controlada pela Telefónica.

Além da operação em Espanha, no negócio fixo e móvel, a operadora está presente em Portugal desde o ano passado após a compra da Cabonitel – que detém a Nowo e a Oni. Esta aquisição foi feita precisamente aos norte-americanos da KKR, que a par com os outros dois fundos lançaram esta segunda-feira a OPA à MásMóvil.

O fundo KKR comprou as operadoras portuguesas à Apax em outubro de 2018 mas, nem um ano depois, decidiu vender as empresas. A MásMóvil, em parceria com o fundo GAEA Inversión, é desde então a dona da antiga Cabovisão.

Após o anúncio da operação os títulos da operadora espanhola dispararam mais de 20%.

Ver comentários
Saber mais MásMóvil Nowo Oni KKR telecomunicações
Mais lidas
Outras Notícias