Estado injectou mais 32 milhões de euros na CP  

Aumento de capital de 32 milhões de euros já tinha sido aprovado, mas só esta segunda-feira a CP anunciou que foi concretizado.
Jornal de Negócios
pub
Negócios 03 de setembro de 2018 às 21:03

A CP efectuou um aumento de capital de 32 milhões de euros, que foi subscrito pelo Estado, elevando assim para quase 55 milhões de euros o montante já injectado na companhia ferroviária.

"A CP – Comboios de Portugal, EPE informa que o estado português aumentou o capital estatutário da empresa, em numerário, em 32.000.000,00, o qual passou a ser de 3.905.000.000,00 euros", refere um comunicado da CP emitido na CMVM.

Esta operação já era aguardada, uma vez que quando anunciou os resultados do primeiro semestre, a CP tinha revelado que este aumento de capital de 32 milhões de euros tinha já sido aprovado pelos secretários de Estado do Tesouro e das Infraestruturas.

Contudo, foi apenas injectado "o valor de 14 milhões, com referência a Junho", e os "restantes 18 milhões serão realizados em Setembro".

Concretizado este aumento de capital, o Estado já injectou 54,9 milhões de euros na CP este ano. No ano passado, segundo a Lusa, o Estado recapitalizou a CP em cerca de 500 milhões de euros, em vários aumentos de capital.

pub

O Grupo CP – Comboios de Portugal registou no primeiro semestre deste ano um prejuízo de 55,3 milhões de euros, o que reflecte uma melhoria de 4,6% face aos quase 58 milhões de perdas do período homólogo de 2017. O capital próprio manteve-se nos 2.246 milhões de euros negativos, enquanto o passivo subiu 0,1% para 2.878 milhões de euros. 

pub