Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Costa ainda acredita que é possível evitar nacionalização da TAP

O primeiro-ministro António Costa espera conseguir chegar a acordo com os privados ainda esta quarta-feira, 1 de julho.

A carregar o vídeo ...
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 01 de Julho de 2020 às 12:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...

O primeiro-ministo, António Costa, afirmou esta quarta-feira, 1 de julho, que a prioridade é assegurar a continuidade da TAP, mas que espera fazê-lo por acordo com os privados, evitando a nacionalização. Ainda assim, esta hipótese mantém-se em cima da mesa.

 

"Espero que [a solução para a TAP] seja negociada, por acordo com os nossos sócios privados, e não por imposição do Estado. Se for necessário cá estaremos para isso, mas espero que não", esclareceu António Costa, quando questionado sobre se a TAP será, ou não, nacionalizada.

Seja qual for o cenário, "a TAP está seguramente a caminho de ter uma solução estável que assegure a Portugal manter a sua companhia", assegurou o primeiro-ministro.

Costa avançou ainda que espera fechar este assunto ainda esta quarta-feira, dia 1 de julho. "Estou certo que se não hoje, no limite nos próximos dias teremos uma solução. Mas diria que hoje será o dia ", prevê Costa.

A eventual nacionalização da TAP surgiu como hipótese esta terça-feira, tal como o Expresso avançou, depois de a proposta apresentada pelo Estado à TAP com as condições para a concessão de ajudas de emergência ter sido rejeitada pelos privados.

Para solucionar a divergência, além da nacionalização, está a ser equacionada a saída de David Neeleman da TAP, que está apenas dependente de um acordo quanto ao valor a pagar pelos 50% que o empresário detém na Atlantic Gateway, sociedade que possui, por sua vez, 45% da companhia aérea e na qual é sócio de Humberto Pedrosa.

 

Neeleman terá chegado a reclamar mais de 60 milhões de euros, mas esse valor já sofreu uma redução. Segundo a SIC, o empresário exige agora 55 milhões, mas o Estado não quer ir além dos 40 milhões.


(Notícia atualizada às 12:49)

Ver comentários
Saber mais António Costa TAP política governo (sistema) nacionalizações
Outras Notícias