Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Neeleman aceita 55 milhões para sair da TAP. Acordo só depende da Azul

O empresário norte-americano já chegou a acordo quanto ao valor a receber para sair da TAP. O acordo final só depende da Azul aceitar não converter o empréstimo obrigacionista de 90 milhões de euros em ações da companhia e mantê-lo até à maturidade.

A carregar o vídeo ...
Maria João Babo mbabo@negocios.pt 01 de Julho de 2020 às 14:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 26
  • ...

O empresário David Neeleman aceitou receber 55 milhões de euros para sair da Atlantic Gateway, dona de 45% da TAP, disse ao Negócios fonte próxima do processo.

 

No entanto, falta ainda a transportadora brasileira Azul, que subscreveu em 2016 uma emissão obrigacionista de 90 milhões de euros, aceitar a proposta do Estado de não o converter em ações, o que lhe daria 6% do capital da TAP, mantendo esse empréstimo até à maturidade, ou seja até 2026.

 

O Negócios sabe que está neste momento a decorrer uma reunião com a transportadora brasileira, que foi fundada por David Neeleman, no sentido de se conseguir um acordo final ainda esta quarta-feira.

 

O acordo de saída de Neeleman da Atlantic Gateway por 55 milhões foi já conseguido, faltando agora saber que percentagem será tomada pelo Estado e por Humberto Pedrosa, sócio de Neeleman na Atlantic Gateway. 

 

Segundo avançou ontem a SIC o Estado estava disponível para avançar com 40 milhões, enquanto a Humberto Pedrosa caberiam 15 milhões. No entanto, esses valores não estarão ainda fechados.

 

Em cima da mesa está a possibilidade de o Estado elevar a sua posição a 70%, Humberto Pedrosa com 25%, continuando os trabalhadores da TAP com 5%.

Ver comentários
Saber mais TAP David Neeleman Azul Humberto Pedrosa
Mais lidas
Outras Notícias