Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Regime sucedâneo na TAP aplica cortes desde 1 de janeiro

O regime sucedâneo que a TAP irá aplicar para suspender o Acordo de Empresa se pilotos e tripulantes não aprovarem os acordos de emergência determina que medidas referentes a retribuições produzam efeitos ao início deste ano.

A administração da TAP diz não poder adiar a implementação de medidas laborais urgentes.
A administração da TAP diz não poder adiar a implementação de medidas laborais urgentes. Miguel Baltazar
Maria João Babo mbabo@negocios.pt 24 de Fevereiro de 2021 às 23:10
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

O regime sucedâneo que o conselho de administração da TAP aprovou esta semana para pilotos e tripulantes de cabine, caso sejam chumbados os acordos de emergência a que chegou com as duas estruturas sindicais que representam estes profissionais, determina que “medidas referentes a retribuições e outras prestações pecuniárias, retributivas ou não, (...) produzem efeitos a 1 de janeiro de 2021”.

De acordo

...

Ver comentários
Saber mais TAP SPAC trabalho transportes aviação
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias