Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rui Moreira vs TAP. Quem ganha a guerra?

As acusações subiram de tom na última semana. O Porto acusa a TAP de desinvestir na cidade e negligenciar o serviço público que lhe compete. Aqui vão sete frentes desta guerra.

João Miguel Rodrigues/CM
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 11 de Fevereiro de 2016 às 18:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

"Esta é uma guerra séria." Rui Moreira avisou e está a travar o conflito com a companhia aérea TAP em várias frentes. O presidente da Câmara do Porto diz que as decisões da TAP são "um insulto à cidade do Porto", com o objectivo de reforçar a operação em Lisboa.

"No Norte temos sido uns carneiros e temo-nos deixado iludir com promessas sucessivas", comparou. Agora o "rebanho" vai ser convocado de outra maneira: "há-de chegar o tempo em que apelaremos à população da região para não voar na TAP".


Na rede social Facebook, Rui Moreira tornou-se mais incisivo (e frequente) nas críticas. E já contou com Rui Rio e com a Associação Comercial do Porto para aumentar o volume do protesto. O Negócios compilou as sete frentes de batalha.

A TAP tinha suprimido o voo da noite para Lisboa, denunciamos a situação. De tarde afirmou que ainda estava a fazer os...

Publicado por Rui Moreira em Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2016


1. A ELIMINAÇÃO DOS VOOS DE LONGO CURSO

Quarta-feira, 2 de Dezembro. A primeira acusação. Em entrevista à Renascença, o autarca dá conta que a TAP admite acabar com os voos de longo curso a partir do Porto. E deixa a ameaça: "se a TAP quer deixar o Porto, o Porto pode deixar a TAP". Dois dias depois, Fernando Pinto apressa-se a descartar esse cenário, admitindo contudo que seria necessário rever a estratégia para aquele destino.


2. O PROBLEMA DO "HUB" NO PORTO

Em cada acusação, uma palavra inglesa: "hub" ou plataforma giratória. "O aeroporto do Porto é um ‘hub’ da Ryanair", posicionou no início de Fevereiro para demonstrar o desinvestimento da TAP no aeroporto Francisco Sá Carneiro. Em resposta, o Governo esclareceu que este aeroporto é "estrategicamente, uma base operacional relevante, mas não é um ‘hub’".


3. AS QUATRO ROTAS ELIMINADAS

A TAP anunciou que iria suprimir rotas entre o Porto e outras quatro cidades europeias: Bruxelas, Milão, Roma e Barcelona. Agora que o Estado voltou a ter metade da empresa, Rui Moreira exigiu que o Governo de António Costa tomasse medidas para que esta decisão voltasse atrás, até porque esses voos apresentavam uma ocupação a rondar os 90%. Apesar de garantir ter um peso forte na definição da estratégia da TAP, o Executivo já fez saber que não vai interferir nesta questão: "Essa é uma decisão da comissão executiva". A TAP diz que as rotas não são rentáveis e assegura que estes serão os únicos quatro cancelamentos na cidade.


4. O VOO NOCTURNO LISBOA-PORTO

"Suprimir discretamente". Foi esta a expressão que o autarca utilizou para dar conta de uma intenção da TAP em eliminar o voo das 22:30 entre Lisboa e Porto. Segundo a Câmara do Porto, o último voo passaria a ser realizado às 20 horas, com menor capacidade, "obrigando a dormir" em Lisboa milhares de turistas com destino ao Porto. A TAP descartou logo o cenário e acabou por responder com os horários da ponte aérea que arranca em Março, onde aparece a opção das 22:25 e ainda outra às 21 horas.

5. O VOO NOCTURNO PARA GATWICK

Rui Moreira acusou também a TAP de eliminar o voo nocturno entre Gatwick, em Londres, e o Porto. A companhia nunca confirmou esse cenário.


6. O REFORÇO DAS OUTRAS COMPANHIAS

Para mostrar que o Sá Carneiro é um aeroporto estratégico, Rui Moreira tem contado com uns aliados inesperados: companhias aéreas de todo o mundo. Turkish Airlines, Air Andorra, Transavia, British Airways e Lufthansa anunciaram a criação de novas rotas naquele sentido a partir de Março. Alemanha e Inglaterra são os países que mais beneficiam com estas mudanças.

7. A TROCA DE ACUSAÇÕES COM VIGO

A guerra de Rui Moreira não se dirige só a Lisboa. Há uma escala em Vigo, para onde a TAP criará uma nova ligação para a capital portuguesa. O presidente daquela cidade espanhola quer que a União Europeia investigue as declarações de Rui Moreira, que tinha contestado a intenção da transportadora em abrir aquela ligação. "Até pode chamar a PIDE. O presidente da Câmara do Porto não recebe lições de Vigo", reagiu Rui Moreira.

Welcome British Airways. Welcome to Porto. #BritishAirways #Porto #AeroportodoPorto #portoponto #London #Gatwick#TimeOut #TimeOutLondon

Publicado por Rui Moreira em Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2016
tome nota
O que mudou na TAP? No passado fim-de-semana, o Governo de António Costa e o consórcio Atlantic Gateway – de Humberto Pedrosa e David Neeleman – acordaram uma nova estrutura accionista para a TAP.

O Estado passaria a ter metade da empresa, com os privados a assegurar a gestão operacional da mesma.

Pedrosa e Neeleman passam a ficar com 45% da transportadora – face aos 61% acordados em Junho de 2015 – recebendo 1,9 milhões de euros por esta redução.



Ver comentários
Saber mais Rui Moreira TAP Porto Fernando Pinto Ryanair Sá Carneiro Turkish Airlines Vigo Humberto Pedrosa David Neeleman transportes aviação
Mais lidas
Outras Notícias