Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sevenair compra em Ponte de Sor e torna-se maior escola de aviação da Europa

A compra dos ativos da norte-americana L3Harris Technologies em Ponte de Sor permite a reabertura do campus naquela localidade alentejana. Brevemente a Sevenair vai iniciar operações no Porto.

DR
Negócios jng@negocios.pt 23 de Setembro de 2022 às 09:30
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
A Sevenair Academy, empresa de formação de pilotos, passou a ser "a maior escola de aviação comercial da Europa" após adquirir a totalidade dos ativos da norte-americana L3Harris Technologies em Ponte de Sor, informa a empresa em comunicado divulgado esta sexta-feira.

A compra dos ativos da L3Harris realizou-se após a entrada de um novo acionista na Sevenair. O "family office" Worldapproach, de Isaías Gomes Teixeira, passa a deter metade do capital da Sevenair Academy.

A aquisição,  refere a empresa, permite ainda a reabertura do campus de Ponte de Sor.

Ao Negócios a empresa recusa revelar o valor da transação mas entre o espólio comprado pela Sevenair Academy estão 25 aeronaves, quatro simuladores, "todo o recheio do campus e oficinas de manutenção" assim como todas as peças e ferramentas. 

Desta forma, a Sevenair Academy vai passar a operar em Tires (Cascais), Bragança, Ponte de Sor e, brevemente, no Porto. A empresa terá mais de 50 aeronaves e seis simuladores.

"Estamos atentos ao mercado, e pareceu-nos que poder contribuir decisivamente para o crescimento da Sevenair Academy, assegurar a manutenção da escola em Ponte de Sor e dar oportunidade a milhares de jovens de se formarem na sua área de vocação, são excelentes razões para investir neste momento na empresa", refere Isaías Gomes Teixeira, citado no comunicado.

Já Carlos Amaro, CEO da Sevenair Academy, sublinha que "a entrada de um acionista empenhado e comprometido com o nosso sucesso e crescimento é uma boa notícia para a Sevenair, para Ponte de Sor e para o setor da aviação em Portugal. Vamos investir e criar uma escola de dimensão global. Sabemos que há uma enorme procura por novos pilotos e estamos inteiramente preparados para satisfazer as necessidades do mercado".

Sobre os 90 funcionários que perderam o posto de trabalho com o enecrramento da L3Harris, a Sevenair Academy diz ao Negócios que "o objetivo da empresa é aproveitar ao máximo a mão de obra da zona, absorvendo assim o máximo de trabalhadores que saíram quando a escola encerrou". 
Ver comentários
Saber mais Sevenair Academy Ponte de Sor L3Harris Technologies Isaías Gomes Teixeira aviação
Outras Notícias