Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Zero chumba mais voos noturnos em Lisboa

Associação ambientalista entende que se está a fazer uma "expansão encapotada do aeroporto", com mais aviões a aterrarem e a descolarem.

Lusa 02 de Outubro de 2022 às 10:10
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

"A Zero entende que este estado das coisas, já de si grave, não pode ser agravado sob nenhum pretexto durante nenhum período de tempo", sublinha.

A justificação para alargar os voos noturnos, vai sacrificar os cidadãos e é inconstitucional, acusa a Zero, que nota que o descanso, o sono, a qualidade de vida e o direito ao ambiente são direitos constitucionalmente consagrados e tidos como fundamentais na Constituição da República Portuguesa.

A Zero, como a associação ambientalista Geota já disse também, entende que se está a fazer uma "expansão encapotada do aeroporto", com mais aviões a aterrarem e a descolarem.

E também como a Geota recorda que o processo foi lançado no meio do verão, em plenas férias, com uma consulta pública restrita, para que houvesse uma fraca participação.

A Zero diz não aceitar que não se cumpra o plano de ações de gestão e redução de ruído no aeroporto de Lisboa, denuncia que a página da internet do aeroporto de Lisboa não permite que os cidadãos se queixem do ruído, como também o não permite a página da ANAC (entidade reguladora do setor da aviação).

E explica que disponibiliza na sua página um formulário para que os cidadãos possam fazer essas queixas, que serão dirigidas às entidades competentes. Desde julho a Zero já recolheu 200 reclamações.

Ver comentários
Saber mais aeroporto voos Lisboa Zero
Outras Notícias