Transportes Metro de Lisboa vai investir 110 milhões em 7 novos comboios

Metro de Lisboa vai investir 110 milhões em 7 novos comboios

O ministro do Ambiente anunciou a aquisição de novas composições para o Metro de Lisboa, garantindo que concurso será lançado até Julho. A empresa vai renovar também o sistema de sinalização e segurança, o quer vai elevar o investimento total a 210 milhões.
Metro de Lisboa vai investir 110 milhões em 7 novos comboios
Maria João Babo 05 de abril de 2018 às 18:09

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes anunciou esta quinta-feira, no Parlamento, que o Conselho de Ministros aprovou a aquisição de 14 novas unidades triplas para o Metro de Lisboa, em leasing operacional, num investimento de 110 milhões de euros.

De acordo com Matos Fernandes, o concurso será lançado o mais tardar em Julho e significa sete comboios, cada um com duas unidades triplas.

O Governo aprovou também na reunião desta quinta-feira um investimento de 100 milhões de euros para sinalização e segurança no metro da capital, salientando que o actual sistema é dos anos 70 e esteve na base da justificação designadamente da redução da velocidade de circulação.

A modernização dos sistemas de sinalização será feita nas linhas Azul, Verde e Amarela, ficando de fora a Vermelha, que é mais recente, explicou.

Este concurso, disse o ministro, será lançado em paralelo com o que visa adquirir as 14 novas unidades triplas.

Uma terceira decisão tomada no Conselho de Ministros foi uma resolução que agiliza a execução das rubricas orçamentais relativas a empreitadas de grande e pequena dimensão nos domínios da manutenção e segurança das empresas públicas Transtejo, Soflusa e Metropolitano de Lisboa. Em causa estão serviços como manutenção, segurança ou limpeza, que agora "podem ser contratados de forma mais simples", explicou, salientando que será possível "fazer mais depressa a despesa".

 

Os investimentos, explicou o ministro, vão ser pago com receitas correntes do fundo ambiental, que este ano tem 150 milhões de euros, mas que pode chegar aos 200 milhões porque dois terços vem dos leilões de carbono.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI