Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Programa para redução tarifária nos transportes públicos atinge 116 milhões

O ministro do ambiente anunciou que as autarquias vão colocar 12 milhões de euros, mais 10 milhões de euros do que inicialmente previsto.

José Sena Goulão/Lusa
Maria João Babo mbabo@negocios.pt 18 de Março de 2019 às 12:09
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

O programa de apoio à redução tarifária (PART) nos transportes públicos vai atingir os 116 milhões de euros, com as autarquias a colocarem mais 10 milhões de euros do que o inicialmente previsto, adiantou o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, na cerimónia de assinatura dos novos tarifários na Área Metropolitana de Lisboa.

 

Matos Fernandes disse as 23 comunidades intermunicipais e as áreas metropolitanas fizeram propostas para a aplicação das verbas "que vão além do objetivo financeiro" levando a que o programa atinja os 116 milhões, com as autarquias a colocarem 12 milhões de euros.

 

Matos Fernandes assegurou que o programa chegará a 80% da população a 1 de abril e a 100% a 1 de maio.

 

Para o ministro, a captação de novos passageiros para os transportes públicos crescerá a partir de agora 10% ao ano.

 

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, assumiu esta segunda-feira, 18 de março, na cerimónia de assinatura dos contratos para os novos tarifários na área metropolitana de Lisboa, a prioridade de, até ao final de 2019, criar a TML - Transportes Metropolitanos de Lisboa. 

O autarca assumiu o objetivo de, na próxima década, aumentar a quota da mobilidade de 25% para 35%, o que equivale a um aumento de 40%, ou seja mais 200 mil pessoas e mais 400 mil viagens diárias em transporte público.

 

 

Ver comentários
Saber mais ministro do Ambiente Área Metropolitana de Lisboa João Pedro Matos Fernandes presidente da Câmara de Lisboa Fernando Medina TML Metropolitanos de Lisboa
Outras Notícias