Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Suspensa greve na Scotturb prevista para segunda-feira

A Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) anunciou este domingo a suspensão da greve prevista para segunda-feira na empresa de transportes urbanos Scotturb.

Inês Gomes Lourenço
Lusa 30 de Maio de 2021 às 22:03
  • Partilhar artigo
  • ...


"A Fectrans informa que a greve marcada para dia 31 na Scotturb foi suspensa", afirmou, em comunicado, a organização sindical, justificando a suspensão por "ter havido um compromisso da gerência [da Scotturb] em apresentar uma posição, durante a próxima semana, sobre o atual acordo de empresa".

A greve estava marcada para contestar a situação laboral e exigir o pagamento de créditos vencidos.

Na passada segunda-feira, Luís Venâncio, da Fectrans, disse à Lusa que a principal reivindicação era o pagamento de créditos vencidos a trabalhadores da Scotturb, sem qualquer discriminação entre sindicalizados ou não sindicalizados.

A Fectrans, no comunicado de hoje, adiantou que o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal está a contactar os trabalhadores para "avaliar todos os impactos resultantes da saída da atividade do concelho de Cascais".

Segundo a mesma fonte, a situação "implicou a mudança de local de trabalho para algumas dezenas de trabalhadores".

A Fectrans informou que, "relativamente ao problema do pagamento de créditos em dívida, foi concluído com os trabalhadores dar sequência pela via judicial", face "à indisponibilidade da gerência [da Scotturb] em resolver pela via da negociação".

Segundo a federação, "a gerência da empresa não quer resolver" e acusa-a de "discriminar trabalhadores".

A organização sindical aguarda uma resposta da empresa sobre a eventual "migração e as condições de trabalho atualmente reguladas no acordo de empresa" e promete voltar a realizar um plenário com os trabalhadores.

A empresa de transporte Scotturb deixou desde a passada terça-feira de operar no concelho de Cascais, mas acredita que a situação pode ser "provisória", uma vez que ainda decorre em tribunal uma ação contra o concurso público que ditou o seu afastamento.

O concelho de Cascais desde terça-feira que passou a ser servido pela empresa de transporte espanhola Martin, que substituiu a Scotturb, após a realização de um concurso público internacional.
Ver comentários
Saber mais Fectrans Scotturb Cascais transporte rodoviário sindicatos greve
Outras Notícias